ACREDITAR É ILUSÃO

Ontem

Acreditar é tão fácil que chega a ser queda. Despencar é tão doído que chega a ser cruel. Toda procura é em vão. Porque você não vem e então começo a desconfiar que é porque você não existe. É uma criação infantil dos meus dedos atrapalhados e da minha cabeça infantilóide e egoísta. Tu não existes senão dentro de mim. Nada teu me pertence. Nenhuma sombra, nenhum ar, nenhum pelo ou odor. Nenhum toque ou prazer. O teu lugar não é meu. O teu gozo não é meu. Nada teu é meu! Porque não és real. És uma ilusão! Um engano que eu criei pra não ser tão vazia... No entanto acreditar em ti é minha fortaleza. Acreditar é fácil. Sombras na parede - reflexos do que eu crio com as minhas próprias mãos - um acreditar outro. Um acreditar paralelo. Nuvens desenhando o teu nome. Pura ilusão! Eu me iludo! Acreditar é fácil!
...................................................................................
Pausa
Por que é que a gente se ilude?
Às vezes uma ilusão pode nos acordar pra o que é real e nos fazer ver o que estava escondido e adormecido... Elas têm o estranho poder de nos tirar da escuridão,
de nos fazer sentir mais vivos e livres e fortes...
....................................................................................
Sempre
E a gente segue pela vida adentro (sim, vida é adentro!) inventando verdades pra nos satisfazer. E conformadamente (ou não) nos contentamos com as mentiras que criamos. O desejo que nos alimenta e faz viver é o mesmo que nos faz doer e despencar... A ilusão me cega. A ilusão me doma e me prende a essa miragem de sentir - ou sentir-te. Onde é que vai dar uma ilusão? Onde isso tudo vai parar? "Tudo tão errado que parece certo! É onde não consigo me achar!" Como eu queria que essa ilusão fosse real, mesmo que por um leve instante... Talvez num sonho, talvez num segundo encantado, num tempo paralelo.
.....................................................................................
Em tempo. No tempo.
Concretizar a mentira a torna uma verdade? É tudo confuso.... É tudo ilusão.... Realidade inventada - confesso - mas sentida verdadeiramente! Quando sentimos algo, de verdade, isso torna-se real em nós. Essa é a diferença, essa é a ponte que une tudo isso.... Aquilo que a gente sente, nunca é mentira! É como "é sempre amor mesmo que acabe é sempre amor mesmo que mude....." E eu nunca quero que mude.... "é sempre amor..." Real ou não isso é algo que existe dentro de mim. E isso nunca acabará. Será sempre real! Será sempre.... Será...... Embora não possa ser real. E eu permaneço presa ao que eu criei. Eu e só!
.....................................................................................
Hoje
Sentir vc... Sentir o que sinto... fechou os olhos pra ilusão!!! Eu nem quero saber o que é real. Eu sinto ..... e só!!!!

9 MIL RECADINHOS:

André Neves disse...

Boa tarde

Bom texto.
Gostei muito. :)
Esta de parabéns.

Grande abraço

André Neves

Erika disse...

Van querida, eu não crio ilusões.. nem mesmo juizo, porque não sei o que eles comem.. rsrs

Brincadeiras a parte...a gente vive criando imagens e cenários, não é? Vc tbm é assim?
Eu sou.. muito.

Beijos

Adão Braga disse...

"Nada teu é meu!"

Tudo que é meu
eu te darei...
nem precisas pedir
basta eu sentir
que precisas!

rafael disse...

Parece que a acreditar, duvidar, desconfiar, iludir, é um tema em comum em nosso circuito de blogs.

O mais fantástico de tudo: uma abordagem mais rica que outra.

E você Van, em termos de beleza e profundidade é incontavelmente riquíssima...

bjus

Priscilla Santos disse...

por hora:
há algo que eu diria sobre a ilusão, sobre as mentiras e as fantasias. mas falta tempo e sobra coelho. direi. é coincidência estarmos pensando coisas parecidas? que esquisito.

resposta do comentário do limão:
ah..faltam...faltam. mas só se perdem, acho assim. depois se acham. acho sim. obrigada pelo "fodona", ainda que ache exagerado. um grande beijo e grandes agradecimentos pela generosidade sempre presente de você pra cá (que é mim)

beijos
novamente

Van disse...

ANDRE: Querido, que bom que comentou! Adorei! Obrigada, de coração.

ERIKA: Querida, a ilusão é inerente ao ser humano. Estamos sempre iludidos por algo ou alguém. A vida é um grande truque. Ilusionismo puro!

ADÃO: Uau!
Que maravilhoso isso! Olha que eu aceito heim????? É bom receber, ser cuidada um pouco... Não ser tão sozinha. Obrigada por estar aqui. E por querer me dar o que é seu.
Gentil e generoso é você! Beijuca

RAFAEL: Ah, querido.... São seus olhos. Eu digo e repito: Sou tão rasa!!!!!!
E você é impressionante!
Que delícia de pessoa!
Beijuca

PRILL: Nada é por acaso, querida. Coincidências??? São caminhos cruzados.
Por aqui sobram coelhos também e pra muitas coisas, hoje eu digo: "Ai, ai, meu Deus... É tarde! É tarde! É tarde!"

Enfim, hoje o coelho sou eu!

Van disse...

Ahhh, essas metáforas!!!!!

carla granja disse...

OLÁ! ACHO O TEU BLOG UMA MARAVILHA PARABÉNS, TÊM BONS TEXTOS,BONS VIDEOS MUSICAIS ,MUITA COR E ALEGRIA. SE KISERES DÁ UMA OLHADA NO MEU K TÊM POEMAS DE MINHA AUTORIA E VIDEOS TMB. TÊM UM DA BANDA IRIS K É A BANDA DE ROCK COM KEM EU TRABALHO DE VEZ EM KUANDO. SE KISERES DÁ UMA OLHADA E UMA OUVIDA .
HTTP://PAIXOESEENCANTOS.BLOGS.SAPO.PT
BJOS
CARLA GRANJA

Sandra Leite disse...

Eu sinto ..... e só!!!!


lindo texto.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari