DO AMOR E DAS TEMPESTADES

Para Nil...
VEM VINDO UMA TEMPESTADE
ABRA AS JANELAS E DEIXE-A ENTRAR!


Engana-se quem pensa que detém o poder aquele que é amado, quando é justamente o contrário.........
Poderoso é quem ama sem medo. E se entrega. E se dá. E goza!
Poderoso é quem abre o coração. Isso é coragem!!!!! Entregar-se é coragem! Sentir é coragem! Amar é coragem! Amar é pulsar e latejar... Exalar vida por cada poro, por cada pele. Pura coragem! Delicioso poder!
Ser amado é covardia, é medo, é comodismo!
Amar é coragem, transbordamento, salto no abismo! Só quem ama é capaz de mexer nos mecanismos da vida e mudar os caminhos do mundo.... Só quem ama pode. Só quem ama vive!!!!
Só conhece a vida na sua fonte e plenitude aquele que abre o coração. E se rasga. E se joga.
E se põe nú bem no meio da tempestade. E abre as janelas pra que entre o vento e a chuva. Que venham as fúrias do universo molhar meu corpo! Que venham os raios me queimar e iluminar!
Amar é gritar bem alto o que se sente, se quer, se goza! Só conhece o clímax aquele que tem gula, que dói, que sofre, que realiza dentro e fora de si os milagres diários do querer. Só quem tem a coragem de sentir é capaz de amar.
Amar é um ato de SER! Amar é atravessar os abismos profundos andando por fios invisíveis de sonho e magia. É sentir as sensações de vai e vem de um orgasmo sagrado e infinito.
Amar é estar o tempo todo em êxtase, de mãos dadas e corpo entrelaçado com a vida, trêmulo e vulnerável!
Amar é mergulho e mistério pelos fluidos e odores do desejo. Amar é salto e vôo livre!
Amar é o que importa, e todo o resto é nada!
...........
Ser amado apenas é tédio. Ser amado é catatonia. Anestésico pra vida..........
Ser amado é ridículo!
Mergulhe! Salte! Exploda! ...... Ame!
...............................................................................

QUE VENHAM TODAS AS TEMPESTADES!

Por Van Luchiari ©

10 MIL RECADINHOS:

Erika disse...

ahhhhhhhhhhh meu Deus!!!

Escolho amar... escolho o delírio e o vôo... escolho a loucura e a febre... escolho falar sozinho.. escolho cantar bem alto.. escolho o olhar brilhante.. a cara de louca.. escolho tudo isso... mil vezes!!!

"Porque metade de mim é amor.. e a outra metade.. TAMBÉM!!!"

Beijos querida

Leticia disse...

Só quem sabe teve a coragem de mar sem esperar a recíproca conhece a tempestade e a bonança.
Qual a graça de se conhecer só uma parte, uma metade?!
Sentir a explosão de sensações, faz me sentir viva.
Quando dói , pareço estar mais viva...

Beth disse...

Van
Adoro as tuas tempestades.
Amar, amar, amar, amar, se dar, se doar, se entregar, arriscar por simplesmente amar, por amor...amar é bom demais.

Ah, mas penso que todos já amamos assim. Como disse Guimarães Rosa: "É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado"

Mas é bom amar, amar, amar, amar, amar e se entregar aos braços do ser amado e receber esse amor de volta.

Me sentiria tão vazia, triste, solitária, condenada a não ser nada, se nunca tivesse sido amada.

AP disse...

Lindinha... que venha o amor! Vou abrir minha janela pra tempestade! Vamos nos lançar ao mar, porque "navegar é preciso, viver não é"... E eu, mais mutante que o Wol, passo de assustada, medrosa e desiludida a corajosa e confiante... do Iraque ao Tibete, o caminho inverso... Em umas horas!
Nao quero ser amada, quero amar.

Beijos, obrigada, aparece, vamos conversar!

Ricardo Rayol disse...

Capaz, soltou o verbo.

Van disse...

ERIKA: Escolha muito bem acertada, querida!

LETÍCIA: Que comentário inspirado!!! Brigada querida! Meu espaço é seu também!

BETH: É verdade! Só dar, dar, dar, dar, sem receber algo em troca cansa e é puro desperdício e falta de amor-próprio. Óbvio que tudo tem que ter o feed-back, a reciprocidade... Senão esfria, desaparece e morre. É uma via de mão dupla.
..................................
O que eu quis dizer é que é mais poderoso quem ama e se permite sentir as coisas do que aquele que não sente e se esconde atrás de muralhas frias e medrosas. O que não podemos fazer é deixar de sentir e viver...
É "tipo assim":
"Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais mas sabe menos do que eu.
Porque a vida só se dá pra quem viveu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu.
Ai de quem não rasga o coração!
Esse não vai ter perdão!"

AP: Ame! Ame mais!
Apareço sim, querida. Devo estar no MSN mais à noite. Te adoro! Que bom que está tudo bem!
Beijuca

RAYOL: Querido..... Saudades!
Andava sumido! Enjoou de mim?
PS: Soltei o amor também. Ele voou. Será que ele volta?
Beijuca

Menina Malvada (Ou Kaka) disse...

Já pensei em escolher o outro...
Prefiro o amor também hahahaha!

Voar, sentir... A breguice e a coragem de amar...

É, ser amado não tem mesmo graça nenhuma!

Beijão grandão

Sandra Leite disse...

Que força o teu texto e suas palavras...
Mas de vez em quando é bom ser ridícula, viu? :-)
bjs

Osc@r Luiz disse...

Também escolho amar, mas não descarto o ridículo também não!
Um beijo!

Sir DoRego disse...

o mundo carece de pessoas corajosas...mas sempre há uma esperança de que na próxima esquina, na próxima sala, no próximo ponto de onibus esteja ali a coragem que tanto nos afastamos...eu encontrei a minha coragem numa sala de aula e pelo mundo caminhamos...

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari