A IDADE DAS DÚVIDAS ...

Quanto vale uma lágrima?
Quanto vale um coração partido?
Quanto vale um sorriso perdido,
um sonho desfeito, um amor acabado?
Quanto valem as dores que os outros nos causam?
Quanto vale uma fuga?
Quanto vale perder o que nunca se teve?
Quanto vale uma ferida que se abre em alguém?
Quanto vale o tempo?
Quanto vale o esquecer?
Quanto leva o perdoar?
Como se faz pra entender?
Até quando podemos aguentar?
Até quando você vai me fazer duvidar?
Qual é o seu limite? Qual é o meu?
Quantas coincidências ainda terão que vir à tona?
Quando você vai entender?
Quando você conseguirá se entregar ao que o coração quer?
Quando vai me fazer parar de doer?
Quando você vai me decifrar?
E quando é que vai me devorar?

Você consegue suportar a verdade?
Você ouve o que eu te grito?
Você ouve o que eu sussurro?
Você ouve o que eu te canto?
Isso é um sonho? É só ilusão?
Eu estou sangrando?
Eu estou na sua mão?
Você está fugindo?
Você nunca acredita?
Você crê? Você quer?
Você busca? Você vê?
Você vai atrás dos seus sonhos?
Você comete loucuras?
Você ousa? Você dói?
Você sente falta?
Você tem saudades?
Você é feliz? Ou quer ser?

Você não! Você nunca! Você talvez....

Eu sempre! Eu grito! Eu cometo!
Eu olho bem dentro. Eu sinto bem fundo.
Intensidade! Eu estou!
Eu sou isso que você vê e ouve.
Eu sinto! Eu me quebro!
Eu invento! Eu quero!
Eu esqueço! Eu mergulho!

Eu prefiro assim.....
E você?

11 MIL RECADINHOS:

DM disse...

Mandando sempre muito bem eh Van, filosofia e poesia puras ...Mas lembre-se, você vale muito !!!!

Saudades de navegar por aqui!

Beijocas

Leticia disse...

Eu tbm Van mas vc deve saber que sepaga um preço por escolher sentir tudo intensamente...quer saber tbm há um preço por não ser inteiro, intenso.
Eu prefiro a paga da intensidade.
Repito: quando dói me sinto mais viva...
Bjks.

Van disse...

DM: Bom ouvir isso!
Ouvindo...... acabo acreditando!
Te adoro, querida!
Beijuca

LETICIA: Eu pago os preços todos! O de sentir, o de quebrar, o de não ter, o de cantar! Eu pago os preços todos!

Van disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
* Tatá * - Taís Basso disse...

Van, adorei o post, adorei tudoooo.
Eu tamb�m gostaria de saber o valor do tempo...para, quem sabe, valoriz�-lo mais.
Tempo...j� n�o sonho o que sonhei.
Beijuca
Vou passar sempre aqui para recarregar minha bateria e minha bagagem cultural...Van, filosofia de vida.

renatinha! disse...

Van querida

Ganhou um prêmio!

Passa lah no meu blog!

Bjus

Erika disse...

Eu sempre salto do abismo, mesmo com meu pânico de altura.

beijos queridissima

Patty disse...

Van,

São tantas perguntas que ficam sem respostas e continuamos a fazê-las, pq será?

Somos mesmo um mistérios para nós e para os outros...

Beijos querida e ótimo dia!!!!

Ricardo Rayol disse...

Caraca uma montoeira de questões que me puseram a pensar. Fico instigante.

Osc@r Luiz disse...

Eu não.
Mas também, que grande diferença isso vai fazer, né?
Beijos!

Sir DoRego disse...

cara, como sempre direta ao ponto, direta e sincera...
saudações e será que conseguimos suportar a verdade nesse mundo de ficção e de cada vez mais ficção...

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari