RAIOS

Você entrou na minha vida feito um raio!

Raios são assim.....
Entram na nossa vida nos rachando ao meio
sem aviso prévio ou tempo de abrigo.
Raios são assim.....
Chegam de repente e nos cortam.
Descarregam universos de luz e energia
nos nossos corações desavisados e indefesos.
Os raios têm essa estranha mania de brilhar!
E brilhando ou nos assustam ou encantam.
Ou as duas coisas!
Olhar pra eles pode nos cegar de tanta beleza.
Mesmo assim há algo neles que nos puxa
pra dentro da tempestade.
Tempestades não dóem!
Raios sim!
De tanta beleza, eles dão de doer.

Tão inatingíveis que nos fazem chorar.
Porque não podemos tocá-los.
Porque jamais poderíamos tê-los.
Raios são assim....
Etéreos como a vida.
Fulgazes como paixões.

Eles vêm nos dizer que existem,
mas nunca serão nossos.

Os raios, quando entram na nossa vida
cravam essa tanta-toda luz na nossa alma.
E nunca mais se apagam.
Porque raios são assim.
Nos marcam pra sempre!!!!
Depois sobra só a tempestade.
E depois calmaria.
E Silêncio.....
Porque Raios são assim!
São a tempestade e o silêncio em nós!


por: VAN Luchiari® - se for copiar, cite a fonte.

19 MIL RECADINHOS:

Flávia disse...

Lendo seu post me lembrei da velha máxima de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Bom; o meu caiu (rsrs)... mas, ao contrário desse raio etéreo, o meu raio veio dizer que é meu outra vez.

Vc já notou que a blogosfera anda assim, suspirosa? Rsrs...

Beijos!

Erika disse...

Não me esqueço de um filme que ví que o moço fazia lindas coisas de vidro... e prá buscar o vidro ele "caçava" raios na areia.

Raios são lindos de se ver... e mortais.

beijos

Cassandra disse...

Lindíssimo! E como pessoa marcada de raio, digo: o brilho impressiona tanto a retina que é como se fosse um céu dentro de nós, com um raio eterno. Basta fechar os olhos e está lá, tão vivo quanto no instante mágico.

Daniel Amaral disse...

Olá.

Parabéns pelo espaço e pela filosofia.
Fça-me uma vsita e diga-me qualquer coisa...Eu agradeço.

Obrigado.

Daniel

Ricardo Rayol disse...

Van, simplesmente tempestuoso... o final ficou fantástico. adorei. anda mesmo inspirada.

Paola a Estranha disse...

Ai que lindo!!!!
Adorei!
Bjs,
P.

Sir DoRego disse...

mas que raio de poesia boa...boa mesmo...falando sério...saudações sinceras a voce garota van!

Alê Namastê disse...

Toc...toc!
Deixe-me entrar, eu tenho medo de raio e trovão.
Beijos*

Ana Paula disse...

Ora, raios, não é que essa moça é uma artista!

Beijos linda!

PS: Adorei o post da Barbarella que vc me mandou ler!

Thiago disse...

eu amo raios... me facinam, pela sua beleza, e pela sua energia... E são sim, como paixões... as paixões tem um brilho forte, e uma energia intensa...

Leticia disse...

Mário Quintana disse:"que nos belos dias de tempestade, os raios tiram fotografia da paisagem"
Temos que criar o hábito de olhar as coisas por outro prisma.BJKS.

Fernanda Passos disse...

A luz fugidia que ofusca a vida vaga.
O brilho insano que apresenta a claridade e nos joga no abismo da escuridão.
Raios!
Ilusão, vem e vão.

Lindo, lindo.
Bjs.

Adão Flehr disse...

Eles podem também representar um sinal de união entre dois mundos: o céu e a terra...
Os raios tem a sua efêmera beleza e uma enganosa retórica, na voz do trovão!

Beleza de texto, van!

Beijos

Paola a Estranha disse...

Amora, nem vou dizer que passei aqui para marcar o ponto, né?! rs
Bjusss,
P.

DM disse...

Ai Van, adoro este tipo de manifestação da natureza, ainda que violenta e por vezes temerosa, que só você consegue traduzir em poesia ... Nossas que raios de poema !
Então show no Rio, hem ??? Que chique você, e quando vai ter em Sampa ? Ciúminho, bobo, esse

BeIJOS

Van disse...

FLAVIA
Que delícia querida!!!! Toda sorte do mundo pra você e pro seu "raio". Ai, ai... Estamos todos in love!!! Que bom! Beijuca

ERIKA
Queridona, fiquei curiosa pra saber que filme é esse. Você se lembra do nome? E sim... Porque será que tudo o que é muito, muito, muito lindo torna-se mortal? Sacanagem! hehe

CASSANDRA
Essa é a magia dos raios! Basta fecharmos os olhos para vê-los!

DANIEL
Querido, muito obrigada e seja bem-vindo! Vou lá conhecer o seu blog, com certeza! Beijuca

RICARDO
Meu querido e adorado poeta... Obrigada! Espero continuar assim inspirada. É tão bom!

PAOLA
Amora! Brigada lindona!

SIR
Saudações, Sir. Sempre um prazer receber você aqui! Te adoro!

ALÊ
Queridaaaaaaa, corre! Vem! Aqui é seguro e quentinho. Você estará protegida! ;)

ANA
Lindona, sempre exagerada! Sempre um amor! Então, o post tinha a ver ou não? :D

THIAGO
Belo comentário!!!! Falou tudo e me deixou sem palavras! Beijuca

LE
Ver as coisas de modos diferentes é uma arte e um exercício constante que exige maturidade e paciência. Ótima observação, querida!
E....Espero que tenha melhorado! Beijuca

FERNANDA
Querida, que belas palavras. És mesmo uma poeta nata!!!! Maravilhoso, linda! Obrigada!

ADÃO
Uau! Não havia pensado nisso. Raios como ponte, caminho entre dois mundos.... Um dia eu pego esse atalho e vou parar lá no infinito! ;) Que delícia seus comentários.
Beijucas

DM
Amore, também adoro tempestades e raios, e ventanias e tudo isso.... E adoro você!!!!!!! Fica com ciuminho não, linda! Senão vou ter que ir aí pra Sampa só pra te ver! hehehe

* Tatá * - Taís Basso disse...

Van, que os teus dias sejam tão bons quanto você torna os meus. Bom demais passar por aqui e me reabastecer. Bom demais ler você.
Também adoro raios e tempestades, acho que me encontro sempre assim.
Quem sabe eu "lembro um tempo, de tempestade e silêncio..."
Beijos e sucesso sempre.

Paola a Estranha disse...

Amora te repassei um meme. rs
Bjussssss,
P.

Osc@r Luiz disse...

Muito lindo isso!
Texto, imagem, sentimento...
A combinação perfeita entre tudo isso só poderia mesmo estar aqui.
Um beijo!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari