PRENÚNCIO DE PRIMAVERA!

Hoje eu te trago um prenúncio de primavera prestes a explodir.
Há um cheiro de orvalho no ar, sente? Nem a secura daqui de minha terra impede o perfume de entrar e inebriar.
Você que fica aí no sub-chão..... Hoje te trouxe um primeiro presente: chega a tua mesa um tiquinho pro lado que eu vou entrar com meu ariête pra quebrar esse muro e instalar uma imensa janela em conexão direta com a vida. As minhas janelas costumam não ter travas e nem grades. Estão sempre abertas. Sempre gostei do vento e das tempestades. Já te disse? Afaste-se do muro. Isso! Lá vou eu............... (onomatopéias)............... Pronto! Já existe uma janela aí no teu calabouço. E nem doeu, veja só! Agora basta olhar pra fora e ver o dia. Prevenindo-te: até as noites, vistas das minhas janela, têm um pouco de sol - além das minhas constelações e estrelas. Essas eu não dispenso. Sou apaixonada por elas. Falam-me de paixão. E paixão é vida!
Hoje eu também te trago o silêncio! Dei de beber e calar ao teu sabiá escondido. Pedi-lhe que parasse de cantar um pouco só. Descanso pra te descansar. O silêncio é o meu segundo presente.

Ouve-o!

Por Van Luchiari ©
* Quadro: Matisse

7 MIL RECADINHOS:

Ricardo Rayol disse...

super leve. adorei.

Erika disse...

hoje te trago o silêncio....

e um super beijo pelo prêmio.. vc merece todos eles.

Lord Broken Pottery disse...

Van,
De todos os presentes que você me deu hoje, o melhor foi ter me emocionado.
Grande beijo

Adão Flehr disse...

Van,
É sempre primavera para alguém como vc!

E eu sempre gostei das tempestades tbm!

Beijos,

Osc@r Luiz disse...

Prefiro você cantando ao silêncio. Por mais tranquilizador que ele possa ser. Não quero tranquilidade.
Mas se é um presente seu...
:)
Um beijo!

Paola a Estranha disse...

Viajei literalmente nas tuas palavras!
Amo o silêncio!!!
Muitos beijos!!!

Flávia disse...

E eis que a crisálida se rompe, e liberta a borboleta que carrega a beleza e o frescor em suas asas...

Todas as estrelas, e dias de luz, e paixões para você...

Para que você continue a abrir essas janelas de sonho para nós.

Beijos!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari