EU QUERO TUDO EM UM SEGUNDO!

Eu quero tudo em um segundo. Eu quero tudo nesse instante......
Sussurra-me poesia ao ouvido ao anoitecer. Invada meus sentidos com palavras declamadas. Aquelas que eram minhas e que escondes em tuas torres. Prova do meu corpo com fúria e finitude. Cala minha boca com teus céus e teus cometas.
Enfia tuas mãos pelos meus centros, pelos meus dentros. Entorpeça-me com odores intensos e agridoces. Crava teus dentes na minha pele decifrada e entregue. Seja meu prato, minha cama, meu leito. Seja meu bicho, meu antro, meu mundo. Queima-me em febre que não sacia. Seja meu rasgo, meu trago, meu ópio. Invada-me com tuas estrelas cadentes e frias.
Enquanto existir meu corpo, esteja em minhas veias. Arranca-me os gemidos com voz rouca. Canta a minha música bem alto! Grita o meu nome num salto. Ilumina minhas cavernas com tua tocha flamejante. Sinta-me pulsante, soando as minhas teclas, vibrando minhas cordas. Invada minha alma com teus poemas. A tua poesia brinca de roda no meu peito e revoa as borboletas. Declara-me tua aos universos! Prenda-me. Renda-me.
Serei o teu torpor, teu ardor, teu calor. Serei o teu intuito, o teu cenário, o teu banho. E farei-te gostosuras e caminhos. Eu serei a tua explosão, a tua gula, o teu tremor. Ponha-me do jeito que quiseres e mata-me de amor! Que é pra isso que eu existo. E é contigo o meu mundo. E eu quero tudo agora, nesse instante em que te digo. Serei teu chão e teu abismo. Tua certeza e tua imensidão. Teu áspero e teu tesão. Eu quero tudo num segundo... Nada mais é tão profundo!
_____________________________________________

"Amar você é coisa de minutos
A morte é menos que teu beijo
Tão bom ser teu que sou
Eu a teus pés derramado
Pouco resta do que fui
De ti depende ser bom ou ruim
Serei o que achares conveniente
Serei para ti mais que um cão
Uma sombra que te aquece
Um deus que não esquece
Um servo que não diz não
Morto teu pai serei teu irmão
Direi os versos que quiseres
Esquecerei todas as mulheres
Serei tanto e tudo e todos
Vais ter nojo de eu ser isso
E estarei a teu serviço
Enquanto durar meu corpo
Enquanto me correr nas veias
O rio vermelho que se inflama
Ao ver teu rosto feito tocha
Serei teu rei teu pão tua coisa tua rocha
Sim, eu estarei aqui!"
(Paulo Leminski)

9 MIL RECADINHOS:

Erika disse...

gêmea, você está transbordando amor pelos poros.

beijos

nana' hayne disse...

"Ilumina minhas cavernas com tua tocha flamejante."

Olha Van, eu que sou uma "digitarela" natural, fico com os dedinhos vazios às vezes lendo o que escreves...tudo tão na justa medida, tão perfeito, o que comentar?

Só tenho a dizer:
Lindo, lindo, lindo!

bjs

Rafael Velasquez disse...

é fogo...

Leticia disse...

Mulé o que o calor anda te provocando hein?!Até ficou quente aqui...kkkkk
Beijucas e bons shows esse feriadão!

Mila disse...

E um segundo que pare no tempo ne??? pra poder curtir de montão!!!!
Beijos Mila

Antonio Ximenes disse...

Van.

No dia em que estiveres a deriva... atraque-se em mim... serei teu cais... teu porto.

Menina... tu tens um erotismo que me agrada... rs

Beijos sem vergonha e sem culpa.

Anônimo disse...

Você nasceu pra ser minha!

Thiago disse...

nossa van, vc tá subindo pelas paredes de tanta sensualidade... aiai...

Ricardo Rayol disse...

ah se pudessemos declarar tudo o que vai pela alma, sem medo.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari