É TEMPO!

Pré-aniversário
É tempo! É tempo de mudar as coisas que me fazem mal. É tempo de esvaziar as gavetas, libertar os espaços para o novo chegar. Diminuir os móveis da casa, aumentar os espaços da alma.
É tempo de jogar fora as coisas estragadas que estão em mim. De doar pra alguém o que não é mais verdadeiro pra mim. É tempo de renúncia, de deixar pra trás as coisas que não me servem mais. É tempo de rasgar os rascunhos errados que eu criei. De apagar as rasuras que rabisquei em papel amarelado.
É tempo de mudar! Mudar de rumo, de rota, de direção. Mudar de mares, mudar de ares. Levantar vôo com asas novas. Atravessar pontes diferentes. Trocar o velho sapato gasto por uma caminhada nova e macia. É tempo de decidir o que irá na bagagem, porque a nova viagem é longa. Encontrar e abrir o coração para o novo. Apaixonar-me por tudo outra vez.
É tempo de encarar alguma leveza. É tempo de deixar as mãos vazias e livres pra tocarem em tudo pelo caminho. É tempo de pintar outras paisagens, com cores outras que não as conhecidas, desbotadas.
É tempo de refrescar as águas dos meus banhos.
Molhar o amor. Deixar que ele se lave em água pura, em nascente intocada, completamente nú.
É tempo de renovar, de mexer nos meus mecanismos.
É tempo de arrombar as portas pesadas que me impedem de entrar no meu próximo ser.

É tempo de janelas escancaradas e ares frescos e perfumados. É tempo de bússolas imaginárias. De pés mais suaves e resistentes, de passos largos. É tempo de saltar sobre as pedras no meu caminho com molas gigantes e assim, no salto, agarrar algumas nuvens lá em cima.
É tempo de abrir as algemas que me prendem a mim. É tempo de não achar-me descartável e vã. É tempo de não ser tão invisível, tão pouca, tão rasa, tão nada!
É tempo de encontrar algum tempo pra testar um sorriso e arriscar ser feliz, mesmo não tendo ou sendo exatamente aquela que um dia eu quis.

É tempo de sonhar! É tempo de aceitar! E de não parar de lutar!
É tempo de agradecer às derrotas diárias. Fazer amizade com elas, pra que assim elas se amenizem.
É tempo de curar as feridas.
É tempo de entrar na minha caverna e hibernar por horas e dias o urso em mim. É tempo de aprender a respeitar as coisas certas. É tempo de melhorar a visão. Marcar uma nova consulta ao oculista, pra quem sabe assim, ver de verdade o que é realmente importante. Renascer!
É tempo de admirar minha imagem no espelho. Deixar as rugas e o desassossego de lado um pouco. Exigir menos. Precisar menos das desimportâncias. Encontrar o meu êxtase na simplicidade. Fantasiar-me melhor. Despir-me melhor. Acreditar mais no que é bom. Ter mais fé que o novo que virá, virá melhor.
Acreditar! Acreditar que a vida trará recompensas.
É tempo de baldear e filtrar. É tempo de fechar os olhos para o meu antigo ser e num outro eu , acordar.
É tempo de parar de chorar!

É tempo de nunca mais perder tempo com o passageiro. É tempo de coisas eternas. É tempo de destravar a memória! É tempo! É tempo de encantar o tempo! Tenho o tempo em minhas mãos.
É tempo de abrir as minhas entradas, de achar as minhas saídas... Aquelas que vão dar no infinito! Aquelas que são pulsação e vida! Aquelas que vibram! Aquelas que mudam, que carregam e guardam o meu destino.
É tempo! É tempo!

Por Van Luchiari ©
_______________________________________________________

"Sei que nada será como antes, amanhã..."

19 MIL RECADINHOS:

Leticia disse...

Anda difícil....mas joga fora!
Amanhã seremos novas , outras e ainda as mesmas , ao menos , as mesmas coisas boas.
Assim espero.

Nil Brito disse...

Sim, é tempo... é tempo de dizer tudo o que penso. Mas sei que me faltarão palavras e imagens que em você transbordam. Aguarde, porque há tempo pra tudo... e a paciência é a virtude dos sábios.


bjs do nil
nesta véspera do seu "natal"

Erika disse...

é quase mudança de tempo, gêmea queridissima.

um novo tempo, purificação e renovação.

é quase o tempo, falta pouco.. pro seu novo tempo.

beijos

Ricardo Rayol disse...

e tempo de deixar meu beijo e abraço apertado pelo seu níver minha querida amiga. Você é demais e merece tudo, mas tudo mesmo.

Thiago disse...

Hj é tempo de viver. Tempo de aproveitar cada vento no rosto. Cada palavra bonita, cada livro empoeirado. É tempo de deixar fluír o que vc tem guardado no seu peito. Deixar saír pela pele, pelo suor. É tempo de abrir as janelas e deixar o sol entrar. Sair da escuridão da concha e sentir o novo. Sentir-se bem. É tempo, por que não, de amar. Tempo de apaixonar-se, sentir-se segura, sentir-se mulher...
Parabéns querida...

Sandra Leite disse...

Oi Van

Mil beijos e abraços apertados felizes pela beleza que sempre você nos traz.
Seus textos e sua voz...ainda mais a sua pessoa!
Sonhos, realize-os.
PAz e Amor....(ar que respira)
e tudo o mais que houver nessa vida....(poeta Cazuza)

beijucas hoje são pra ti...

Thiane disse...

Oi querida. Saudades de você. Parabéns pelo seu aniversário. E é tempo de ser feliz!!!! Beijocas mil

Osc@r Luiz disse...

É tempo de Vanessa!
Parabéns.
Beijos!
Ah! Me explica isso: como é ser "nítido"?

Tatá disse...

É tempo de passar por aqui e deixar um beijo especial e desejar muitas flores e cores para sua vida.

Beijos, dear.
I love, love, love...you!!!

;)

Flavinha disse...

Van, minha for... feliz aniversário!!

Obrigada pelo rastro de Vanessa que vc tem deixado diariamente na minha vida.

Tudo de bom no seu caminho.

Feliz idade e felicidade!

Beijo!

Alê Namastê disse...

Tempo!

Boa semana! Beijos, querida!

Alê Namastê disse...

Ah! Deixo flores e desejos de felicidades... Parabéns!

Patty disse...

Van,
É tempo de ainda te dar os parabéns????
Eu excluí minha conta no orkut, mas não esqueci do teu dia, só estou atrasada...rss
Felicidades querida que sua festa tenha sido maravilhosa.
Muitos anos de vida e muita inspiração.

Veridiana Serpa disse...

Van, parabéns atrasado.... tudo de bom p/ vc... bjs

1ª lady newton disse...

"Arrombar as portas pesadas"

Puxa...este fragmentozinho ficou me martelando aqui. Meu próprio ser.. Muito franca? As vezes sabotamos a nós mesmos né???

Caramba!
Vc sempre me deixa assim... Pensativa!

Antonio Ximenes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lord Broken Pottery disse...

Van, querida,
Tanta mudança... Puxa, que medo!
Beijo

nana' hayne disse...

És um senhor tão bonito...quanto a cara do meu filho...TEMPO TEMPO TEMPO TEMPO..., vou te fazer um pedido...Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos...
Entro num acordo contigo...Por seres tão inventivo e pareceres contínuo, és um dos deuses mais lindos...Que sejas ainda mais vivo no som do meu estribilho.
Ouve bem o que eu te digo:
Peço-te o prazer legítimo e o movimento preciso,quando o tempo for propício...De modo que o meu espírito ganhe um brilho definido e eu espalhe benefícios...O que usaremos pra isso fica guardado em sigilo, apenas contigo e migo...
E quando eu tiver saído para fora do teu círculo,não serei nem terás sido...
Tempo tempo tempo tempo...

Prá vc me aproprio e ofereço as belas palavras de Caetano.

beijinho!

Mestre Splinter disse...

Olá! Vi lá no Oscar Luiz que estavas de aniversário, e me permiti a ousadia de te cumprimentar...Parabéns!

Se quiseres algum presente, bueno, passa lá na minha bodega e te serve do que quiseres...se te agradares de algo, se não, deixa tua sugestão...

...impressão minha, ou tocas o contrabaixo? Hehehe, 'Sister'in Arms...Tudo de bom p'ra ti, moça!!!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari