AMOR E ILUSÕES


High and Dry - Radiohead

Você não está. Você nunca esteve de verdade. Eu te inventei magicamente pra suprir-me do vazio e do tédio. Para que o cotidiano não me sangrasse eu te criei em mim. Assim, com fúria e necessidade. Com negação e vontade.
Enfrentei meus eus, mergulhei nos meus profundos mais intrínsecos pra arrancar lá de dentro o que você me faz sentir. Há uma corrosão. Há um pulsar dolorido. Há um viver contido.
E eu bem que queria engolir sua vida como quem lambe um sonho. Sorver os instantes antes que derretam, antes que escorram! Antes que me escape tudo pelos dedos: vida, sorriso, ilusão e personagem.
Eu quero existir completamente despida de todos os nãos e de todos os ácidos. Não quero ser seca como o tempo que me habita. Não quero um abismo de desilusão pra me acordar e diariamente me fazer ver o tamanho da minha escuridão. Quero um espelho que leve à verdade distante que eu imagino como sendo minha. Quero um salto, um vôo direto para a perfeição de saber-me amada por... (Por quem?)
______________________________

Você não existe. E esperar por algo é inútil e infantil. Espectros não mandam lembranças, nem flores, nem compõem canções. Fantasmas não beijam, não sentem, não abraçam os quereres, não penetram. Há um vazio que eu aprendi como sendo meu. Ele me espreita e me inunda com seu nada. Você, meu amor, é uma criação que conhece todos os meus ocos e todas as minhas vozes.
Há uma tempestade aproximando-se e formando-se bem acima do meu abrigo.
Inevitavelmente vai chover. Lá fora e aqui. Porque as fantasias que criamos e alimentamos um dia despencam sobre nós. Feito temporal. Cruéis. Inteiras. Pesadas. Doloridas. (Elas também passarão...)
Eu busco um modo de escapar da solidão. Por isso me meto no meio da tempestade, no olho do furacão. Bem ali onde nada me alcança e onde é tudo seguro. Eu vivo secretamente a minha própria ilusão. "E o que é de vidro quebra no meu coração". Esqueço de fazer poesias e há um desânimo suspenso no ar, antevendo alguma explosão. Tento ignorar algum futuro. Desdenho o destino. Nego que tudo é possível. E você não me quer, não me vê. Quer botar tudo a perder. Como se...
______________________________

Você não está. Nunca esteve. Porque você não existe como coisa sólida que eu possa tocar. Vive paralelamente na dimensão da poesia inacabada, da poesia que quer nascer. Você co-existe com as coisas que desejam explodir mas não acham caminhos... É um alguém que me deixa e me volta insistentemente. Um alguém que acorda e adormece dentro de mim. Um alguém que come e definha minhas palavras...
Você é ponto e vírgula, pausas e reticências... Nunca um ponto final!
Uma ilusão habitando minha vida, preenchendo o meu nada, o meu breu.
Apesar de...

"E ficou tão frio que amanheceu"...

Por Van Luchiari ₢

17 MIL RECADINHOS:

Rui Carlo disse...

Sinto-me nada, porque nada sou
não existo nem insito pra existir
nem cocuo o poema de minha vida
nada faço que te inspire
sou inerte, silente, fracasso;
não sou homem, nao sou gente,
nem verme sou

Erika disse...

Nunca é tempo demais, e sempre tbm.

Beijos gêmea amada.

"Oncotô? (Erika)"

Edu Grabowski disse...

Emudeço diante de ti. Não sei escrever. Não sei dizer. Apenas sentir. É incrível... É extraordinário seu texto. É mais do que as palavras que conheço possam dizer...

Adoro essa música: High and Dry - Radiohead.

beijos,
Edu.

Edu Grabowski disse...

Esqueci de dizer, ficou muito "foda" o seu layout. Gostei muito!

Sou te fã!!!
beijos,
Edu.

Maria Flor disse...

Silêncio diante do que me é espelho de sentidos e sentimentos. Talvés poucos escritos tenham me feito calar. Diante do que tu escreves eu sou quase nada.

Obrigada pelo texto.

Nil Brito disse...

Ahhh! Van! Tinha tantas coisas pra te dizer,
mas as tuas palavras SEMPRE me calam.
Tua poesia grita o meu silêncio.
O que me resta, então?
Ahhh! Van! Eram tantas coisas.....
Eram tantas coisas.....


bjs saudosos do nil

Ana Paula disse...

Não sei... Ando preocupada com vc...

Love you, amore mio.

Bacci.

Van disse...

_______RUI_______
Você pode ser tudo, menos Nada! E o teu escrito me lembrou Fernando Pessoa (sempre irretocável e perfeito) em TABACARIA:
"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim
todos os sonhos do mundo."
É assim, meu amigo...
Se não sou nada, posso ser o que eu quiser!
Pois seja!
Beijuca

_______ERIKA_______
Sempre certeira! Sempre concisa.
Adorocê também, minha linda!
Saudades.
Beijucas

_______EDU_______
Também sou sua fã! ;)
E nem preciso de palavras pra te dizer isso.
Beijucas

_______MARIA FLOR_______
Que lindaaa! Obrigada, querida!
Você é mesmo uma flor.
Bom saber que gostou daqui da minha casa. Venha sempre, será sempre bem-vinda!
Obrigada pelas lindas palavras.
Beijucas

_______NIL_______
Diga tudo o que tiver que ser dito.
Sinta! Mas sinta tudo bem alto e bem forte... Que é pra que eu ouça.
Assim, na eloqüência do silêncio.
Beijucas + Saudades
PS: Boa estréia terça-feira!

_______ANA_______
Ahh, minha linda! Eu não ando muito bem não. Você com essa sua sensibilidade à flor da pele já me sente, mesmo de longe, né danada?
Muitas coisas aconteceram e eu ando fragilizada. Sem inspiração e sem ânimo. Mas logo logo acordo a minha fênix.
Eu te adoro Ana, lindeza!!!!!! uito mesmo!
É bom saber-te por perto! Saudades de você!
Manda beijo pro seu galã número um. hehehe
LOVE LOVE LOVE!
Beijucas

NavsALL@usa.com disse...

O que vive sempre tem futuro.
Bj

Tatá disse...

Van,

Não sei se vou conseguir escrever porque utilizo uma das minhas mãos para segurar meu queixo...ele caiu ao ler-te.
Incrível e profundo seu texto. Apesar de crer que o amor pode machucar, penso na possibilidade do recomeço e do não medo de amar apesar da dor que isso pode causar, como diria meu querido Lewis: "Amar é ser sempre vunerável".
Antes ter um coração a se quebrar do que ter um coração endurecido pelo medo e egoísmo, que vive ilusões inexplicáveis.

Beijo, beijo, beijo

Edson Marques disse...

Van,


Sei que estamos só no dia 21... mas este teu texto é um dos melhores que já em 2008!



Meu aplauso.



Abraços, flores, estrelas..

Mila disse...

van!!!!
Passa la no meu mundo que tem selinho pra vc!!!!!
Beijos Mila

Antonio Ximenes disse...

Van.

"... bem que eu queria engolir sua vida... como quem lambe um sonho..."

Menina.

Você não existe nesta dimensão.
Você veio de outro lugar... mágico e está aqui... só visitando... só de passagem.

Lindo como sempre.

Abração pra ti.

benechaves disse...

Oi, amiga: passando aqui pra saber como está.É porque senti sua ausência e nem sei o que houve. Pensei que vc fosse comentar o poema que tá postado desde a semana passada. Mas, se tá com algum problema vc é quem sabe... Apenas senti sua ausência. Fica em paz e com saúde, se for o caso.

Um beijo de saudades...

vitória disse...

Van,parabéns pela coragem ...
Mudei de casa,para o wordpress e deixo aqui o endereço:
www.luxuriante.wordpress.com
bjj.:)

Flavinha disse...

Vanzinha...

não consigo dizer nada. às vezes te leio, e parece que me vejo... como se vc verbalizasse todos os sentimentos que jazem escondidos em algum lugar de mim.

Seja lá que nome tenha esse dom maravilhoso que vc tem - pois ultrapassou em muito a condição de simples talento - que vc sempre o derrame sobre nós assim, pródigo, sob a forma de palavras.

Beijos muitos!

Van disse...

_______ALL_______
Tens razão, meu amigo! Toda razão.
Saudades. Beijucas

_______TATA_______
Também prefiro ter sempre um coração vivo, mesmo que seja pra se quebrar. Mesmo assim....
Love U, estava com saudades.
Beijucas, amore.

_______EDSON_______
Ô, querido... Que honra! Obrigada!
Meu aplauso é sempre pra você.
Mestre das palavras.
Beijucas

_______MILA_______
Ô lindonaaaaaa, thank´s. Você é um amor!
Beijucas

_______ANTONIO_______
OLha que te vi lá, no mesmo lugar heim? Lá, onde moram as palavras e onde é tudo perfeito. É de lá que você vem....
Obrigada, querido. Adoro você por aqui.
Beijuca

_______BENE_______
Querido, eu não estou podendo teclar. Estou com uma LER insistente que não quer passar e se digito mais do que algumas linhas já dói demais. Por isso estou afastada de MSN e afins.
Saudades. Mas não se esqueça de mim. Logo logo eu volto. Estou me cuidando.
Passo lá pra pegar uns sonhos pra mim.
Beijucas

_______VITÓRIA_______
Linda, já está devidamente linkada!
;) Bem-vinda!
Beijucas

_______FLAVINHA_______
Ai, ai, ai.... Olha quem fala, né, Twin?
Meu dom fica pequenininho perto do seu, minha linda.
Pequenininho.... Insignificante....
Humildemente reverenciando-te.
hehehe
Love U!
Beijucas

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari