PACIÊNCIA!


Paciência - Lenine

Paciência!
Paciência que todas as coisas vêm a seu tempo! E pra mim também elas virão!
Eu sei que eu tenho os meus quereres aflitos, mas o tempo opera silenciosamente e me trará as coisas na hora certa. As coisas que consomem meu pensamento, que me fazem salivar de fome. As coisas que me fazem suspirar e traçar o meu caminho até ti. Um dia o tempo me trará.
Há algo que acaba aqui, algo que recomeça ali. E entre uma coisa e outra existe o querer e o desejo. E entre um espaço e outro, existe o tempo da espera. E existe o teu gosto, dentro de mim. E me ver dentro de ti é coisa que gosto!
Eu espero! E esperar é a minha ilusão. Porque as coisas nunca param. A minha vontade sabe muito bem disso. É por isso que ela quer com urgência. É por isso que ela deseja com uma angústia de fim. Eu sei que é assim. As coisas nos exigem calma, mas o que nos queima por dentro é tormenta e turbilhão. Nunca calma! E queimar é coisa que gosto!
A vida é agora! O que eu quero é pra hoje! Eu tenho pressa! E quero as coisas urgentemente. Não quero perdê-las. Quero sugar as coisas em sua essência mais pura e por isso as quero já! E sugar é coisa que gosto! ...
Paciência! Esperar é preciso. E enquanto espero a vontade me arde. Existe um vazio à espreita. Há um perigo de perder-me em ti e na tua imagem. Algo me grita: Tudo a seu tempo! Tudo a seu tempo! As coisão virão todas certas, como têm que ser. O que tiver que ser meu, me virá ter às mãos. O tempo sabe das coisas! E saber é coisa que gosto!
Eu quero! Você quer! O teu querer e o meu um dia deixarão de ser furacão e vazio! Paciência que a vontade um dia será satisfeita. Mesmo que hoje tudo seja só vácuo, vastidão, solitude e solidão... Mesmo que o tempo adie o encontro. Um dia seremos completos! Paciência! E ser completamente tua é coisa que gosto!
Eu espero! Eu espero! Eu espero! Por você, por algo, por outra espera! Enquanto espero, sigo ardendo e desejando e querendo e queimando e sentindo tudo de todas as formas existentes. E a vida que pulsa e se agita dentro de mim também não pára! Sou toda turbilhão e tempestade. Agitação e desejo! Por ti. E pulsar é coisa que gosto!
Eu me entrego à essa espera cheia de quereres. Eu me entrego às coisas todas! A minha vontade só sabe ser assim. Entregue!
Mesmo que eu não tenha em troca a completude que fantasio diariamente, mesmo assim eu mergulho e me entrego de cabeça. A ti! À tua vida! À tua existência sutil dentro de mim. Ao meu coração que grita e tem fome, que sente-se abismo e paixão. Ao meu corpo que geme e sussurra - teu nome!
E denovo ouço o grito: Tudo a seu tempo! Tudo a seu tempo!
Paciência! Eu te espero! Eu te espero! Eu te espero...

Por Van Luchiari ₢

20 MIL RECADINHOS:

Paulo R. Diesel disse...

A paciência é uma virtude,mas no teu texto onde falas em paciência senti muita pressa. Calma, paciência...sem pressa, tudo a seu tempo.
Abraço

Van disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Van disse...

PAULO
Você percebeu?
A minha paciência é impaciente! =)

Eu sei esperar, mas a espera me queima.
Eu tenho pressa, mas caminho com passos cautelosos!
Sou uma antítese. Sou dual!

Obrigada pelo comentário e visita!
Não consigo acessar o seu perfil, nem o seu blog. Da próxima vez, deixe o link do blog ou teu e-mail, assim poderei retribuir-te as gentilezas.

Beijucas e Bem-vindo!
;)

Rui Carlo disse...

A ânsia no aguardar pode cansar o aguardante;
tudo muito intenso,
tudo muito veloz,
tudo muito agora
queima o tempo pro depois...
Aguardo você no teu tempo
mas meu tempo já me lançou
me emandou ir pra frente.
O teu tempo me é lento
como o meu tempo te é pressa,
mas tenho pressa em viver
tenho pressa em amar,
porque quanto mais tempo amar
mais tempo serei feliz...
tenho pressa em viver contigo
contigo
contigo
o homem existe há milhões de anos,
nao viverei cem,
sou fugaz, sou etéreo, sou volátil
sou fumaça, sou relâmpago...
sim,
tenho pressa, vou sumir
tenho pressa, vou brilhar
mas aguardo por amor
o teu tempo chegar ao meu...
mas vem logo!!!

Anne disse...

Eu to treinando, eu to treinando... mas a minha paciencia perde a paciencia e se irrita facilmente! Parece q o mundo teima em teimar comigo...qdo o meu tempo é lento, o dele é veloz e vice-versa. As vezes as coisas só vem qdo nao as quero mais, qdo nao tem mais o mesmo gosto pq a espera foi demasiada e trouxe o cansaço...

Um dia aprendo...um dia!
Bjokas, Van

Van disse...

RUI
Me deixou sem palavras denovo!
Meu Deus! Mas quanta inspiração!
Tô adorando! ;)
Obrigada por compartilhar comigo essas belezuras!
Beijucas

ANNEZINHA
Lindeza, eu tô assim feito vc. Me equilibrando no fio tênue do querer e do esperar....
É uma luta sem fim entre os dois.
Um é urgência. Outro é paciência!

Mas acredito sim que tudo tem sua hora certa. E no teu caso, se chegaram um tempo depois, é pq tinha que ser justamente assim.
Mas que bom que chegaram, pq às vezes nem isso acontece, né?

E é muito pior estarmos vazias....

Adorei sua visita, baby!
Beijucas

Menina da Imprensa disse...

Acho que todo mundo sente igual, o que você é sempre capaz de verbalizar na medida certa...
Há tempos leio o que você escreve, nunca houve um texto que eu não gostasse, mas esse bateu muito diferente, teve outra sonoridade... Isso não é um texto, é uma ORAÇÃO! Se você respirar fundo ao ler cada frase, bem pausadamente, a paciência é capaz de brotar... Delicada, mas forte, não sei se direta, acho que certeira... uma oração linda!!
Smaaacks

Mila disse...

Paciência... que coisa é esta que pareço não ter e que insiste em me subjugar??? Tudo a seu tempo... mas eu quero no meu tempo... no meu limite... e este não tem paciência... é quase demencia... Sei la...
Beijos Mila

Leticia disse...

Menina sintonizadas estamos! Postei essa música tbm..."finjo ter paciência".
Finjo mal Van...finjo muito impacientemente.
Gostei de ver cores de esperanças nas suas palavras.
Te adoro lindona.

Gabriel (Sir DoRêgo) disse...

as vezes temos que esperar, por que o tempo tem o seu tempo e com o tempo não devemos brincar...devemos obedecer o tempo por que o tempo sempre nos prepara coisas boas...são coisas do tempo...esse ser que sempre tem o seu próprio tempo...por isso sentemos meditemos, lemos um bom livro...um copo de algo chamado vinho e esperemos o tempo...esperemos ele entrar no nosso infinito particular...
saudações grande mulher...

Lord Broken Pottery disse...

Van,
Embora como já disse um poeta que enloqueceu:

...esperar não é saber.
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer.

Grande beijo

Van disse...

_______XARÁ_______
Querida, que delícia ler tuas palavras! Uau! Vou seguir o seu conselho e ler pausadamente, várias vezes, que é pra ver se a minha paciência fica mais paciente. hehehehe
Beijucas, linda.

_______MILINHA_______
A paciência é tinhosa, né? Finge que existe, depois foge, às vezes se esconde. Aff! Quem me dera que tudo fosse no meu tempo e não no tempo do tempo....
Nossa! Que confusão!
hehehe
Beijucas, querida. Saudades!

_______LE_______
Que as cores que estão voltando a mim, assim, timidamente, voem rapidamente até você tb. Sem espera! Também quero ver palavras de esperança em ti, amore!
Beijucas

_______SIR_______
Que eu estava com saudades nem preciso falar né? E como sempre, teus comentários são um show à parte. Me fazem refletir, pensar e repensar o que escrevi. Quando dou por mim, você já me fez ver algo mais. Já me abriu os olhos pra um infinito particular muito mais completo e sábio.
Grande é você, meu amigo querido!!!
Que sorte a minha ter você na minha vida.
Adoro vc, viu?
Beijucas

_______LORD_______
Meu mais que querido Lord... Sempre irretocável e certeiro! Sempre! Parece que põe um espelho na minha frente. Um daqueles que deixam as pessoas mais bonitas e melhores...
Adorocê!
Beijucas enormes!

nana' disse...

VANITAAAAAAAAAAAAAAA,

QUERO AGORA E JÁ COPIAR ESTE TEU TEXTO E MANDAR VC SABE PRA QUEM!!!

Carai muie', vai escrever assim tão bem o que eu preciso dizer lá longe SÔ! rs

Kd vc prá me autorizar e mandar o texto???

Simplesmente TUDO este post Van, parabéns!

benechaves disse...

Oi, amiga: em sermos às vezes paciente a gente vai perdendo a paciência. E tudo pode correr por água abaixo.
Olha: tem sonhos novos... apareça, mas com paciência(rs)

Um beijo impaciente...

Van disse...

_______NANA_______
Minha linda, claro que autorizo!
Pode pegar o que quiser! Mande pra quem mereça. hehehe
Saudadona de você, viu?
Que bom que está de volta!
Beijucas - Love U!

_______BENE_______
Eu sou bem paciente com a minha paciência. Poucas coisas me tiram do sério! Poucas.... Mas quando eu me canso de algo, ahhh! Aí desisto meeesmo!
Vou lá recolher mais sonhos!
Outra beijuca - paciente!

Zé Luiz Sykacz disse...

Oi Van (ó a intimidade já)!

Muito obrigado mesmo por ter passado lá no meu humilde brógui. Fiquei contente e envaidacido com os elogios (cara metido é dose né? hehehe). Agradeço também por ter me linkado, fiquei super honrado. Valeu mesmo. Te linkarei também (sem trocadilhos, é obvio) se não se importar.

Já vou adiantando que fiz uma geral em tudo o que achei a seu respeito: blogs, orkut, my space... só não peguei MSN por que não tinha! hehehe

O resultado é que fiquei impressionado. Positivamente, é claro!

Você escreve bem, é simpatica, canta bem, comenta bem... Caramba! Me ensina a ser assim? hahahaha

Parabéns mesmo, viu? Virei fã!

Voltarei aqui sempre que possível for.

Cuide-se moça!

Beijos!

Mestre Splinter disse...

Continuas com essa mania de falar diratamente à gente, como se estivesses dizendo coisas nos olhando profundamente nos olhos, como o lince no conto do Poe... como se as palavras fossem endereçadas única e exclusivamente àquele que as lê agora, e a ninguém mais...

Bravo, otra vez, señorita...

Me desculpa pela larga ausência...después de andar güanaqueando campo afora, tive que voltar às lidas urbanas, lidar com gente, assim meio à contra gosto... ainda não voltei efetivamente, meu espírito ainda está junto do mato, da terra e dos bichos... mas já fiz um post de ''re-retorno'' lá, e degavarzito vou entrando no compasso otra vez...

Um dois mil e oito especial de primêra p'ra ti, moça! Tudo de bom!

...e vai na manha com essa tua (im)paciência, hehehe...:´´-Quem anda muito ligeiro, a alma fica p'ra trás´´, diz o andejo...

Flavinha disse...

COMO ASSIM O MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU???

Ainda bem que sei a frase do Tolstoi de cor e salteado: "Os mais fortes de todos os guerreiros são estes dois — Tempo e Paciência."

E são. E a nós, sempre às voltas com esses eternos beligerantes, cabe nos revestir de sua força e seguir. Em frente, sempre.

Beijos, twin!

Anônimo disse...

Van,
Se o tempo nunca para, podes pegar carona nele, sentada na Nav's ALL.
allmirante.blogspot.com
entre na Loja do Tempo.
Pra dar e vender.
Baccio.

林宥嘉yoga disse...

That's actually really cool!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari