FUSÃO


Esquálida boca a tua

que nesse encontro eu queria reviver...
E na composição rara do teu instinto,
erguer-me à gema preciosa da tua flor.

Unir teus pontos, língua por língua...
E que desse semi-conto-de-fadas
ergam-se florestas densas de umidades...

E que desse delicioso encontro de almas
fundam-se os braços meus,
nos satélites teus...
incrustrados
E gere-se enfim um trêmulo torpor
no teu corpo exausto e meu.

Esquálido poema de usar-te e provar-te.
Pronunciar-te em palavras...
Buscar-te no silêncio...

Formar-te em mim, receber-te em mim
absolutamente entregue...
Nua vontade a nossa!
Irremediável Encontro!

Você é amparo e conforto para os meus pés.
Delírio e mistério para minha boca.
Assim eu termino esse meu refrão.
Minha boca é pra ti, tua boca é pra mim.
Meu amor em tuas mãos.
Esquálido poema esse de dedicar-te.
Eu sou tua!
Esquálido fim!


Por Van Luchiari ©

8 MIL RECADINHOS:

Nil Brito disse...

Ah, tenho saudades das nossas trocas... A tempestade ainda está muito forte. Mas vai passar.

bjs saudosos

nil

Fernando disse...

Olá, Van!

Perdão por só passar por aqui agora. Minha vida anda um caos.

Obrigado por ter pulado o muro da Flavinha e pelo comentário lisongeador que me deixaste.

E quanto a esta declaração do beijo, lindo, lindo, lindo! Se eu usá-lo pra presentar minha namorada te dou os crédito e digo como foi a reação dela, ok.

E honestamente, depois de atiçar o desejo por um beijo (rimou) bem dado, você ainda acha este poema esquálido? Nunca!

Beijocas!

Fernando disse...

Ah, adorei o "Eis-me da cabeça aos pés". Hehehehe.

Fernando disse...

E entrei na imagem porque fiquei curioso. Amei a sutileza!

E agora você deve estar puta da vida, já que pensou que devia ser um monte de recados diferentes e é tudo meu! :)

Fernando disse...

Também te linquei, Van!

beijocas!

P.S.: gostei do som, mas por enquanto só escutei ímpares.

Paula Calixto disse...

Lindo poema!

Beijos e feliz 08 de março. (:

Paulo R Diesel disse...

Tô sem inspiração e não consigo me fundir com nada.
É o fim do fim.
Bom começo de semana.

Rui Carlo disse...

Esquálido pensamento que posso viver sem ti
que posso viver sem mim...
esquálido, fraco e débil pensamento
este que me faz pensar
que em mim só habito eu
e tu onde habitas?
e teus cheiros?
e teus beijos?
e teus pensamentos?
onde habitas tu!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari