HÁ SEMPRE UM ALGUÉM...

Para Alguém...

Há sempre um alguém dentro das palavras.
Há sempre um alguém no espaço entre uma letra e outra.
Há sempre um alguém à espreita,
latejando no silêncio cheio de vozes que vive na sombra das entrelinhas.
Um alguém que grita dentro de cada rima inacabada...

Na poesia, assim como na vida,
há sempre um alguém que e s p e r a
um alguém que se rasga, um alguém que inspira.
Que pulsa em desespero o verso abortado, a estrofe amputada.

Há sempre um alguém que mora no latente, no não dito, no sufocado.
Há sempre um alguém que ama o que nunca foi seu.
Que vive o absoluto torpor das coisas que nunca existiram.
E mergulha nas águas perigosas do desconhecido que ainda não nasceu.

Há sempre um alguém que dói, um alguém que sofre, um alguém que deseja,
Há sempre um alguém abafado e aprisionado no mistério impronunciável
preso nas correntes secretas da palavra que ainda não inventamos....

Há sempre um alguém. Há sempre um alguém.
Por Van Luchiari ©

______________________________________________________________________________________
Tem postagem nova no INNER ME.( "Sobra tanta falta..." )
Te espero por lá também.
Mergulhe mais fundo.

9 MIL RECADINHOS:

Paulo R. Diesel disse...

Há sempre alguém nas entrelinhas, Há sempre alguém entre a cruz e a espada. Há sempre alguém na solidão de um quarto vazio.

Bj Van

Edu Grabowski disse...

Há sempre um alguém a espera. na janela...ou fechando a porta.
Há sempre alguém que chora, e outro que sorrir.
Há sempre alguém...Há sempre um alguém que gosta de você, e você nem nota...Há sempre um alguém que você gosta e ele nem te vê... É... Há sempre alguém... em algum lugar!

Eita Van...Tá inspirada hein!!
=))
Beijo grande,
Edu.

Paola disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paola disse...

Amora, voltei!
Que lindo isso!
Você tira essas letras do seu coração, não é?
Ele é maravilhoso saiba disso!
Encheu o meu agora.
Beijucas,
Paola.

Rui Carlo disse...

E muitas vezes "inventamos" um alguém para preencher as lacunas que existem.
Para inspirar os poemas.
E inventamos ser um alguém para compormos como se fossem

Fernando disse...

Realmente, Vanzinha. Há sempre um alguém que nos inspira a viver, a escrever e a sonhar. Mas quando fala de música, de poesia, realmente, mesmo que nos vão das palavras, há sempre alguém que motivou que aquilo fosse escrito. Sempre.

Flavinha disse...

"Há sempre um alguém que nos inspira a viver, a escrever e a sonhar."

Preciso dizer mais?

Beijo, twin.

John Coffey disse...

Há sempre alguém que tem a palavra certa, na hora certa e no momento exato.

Não sou esse alguém, muito pelo contrário, Mas agradeço aos céus porque conheço uma pessoa com esse dom.

Beijos Dama

Mestre Splinter disse...

Que possamos sempre ser alguém, p'ra alguém... que possa, quem sabe, eu...






...mas que seja sempre tu!






...gracias, senõrita...

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari