SOB A TUA SOMBRA


Sob a tua sombra as coisas são mais claras.
Sob a tua sombra minhas mãos são mais frescas.
Meu gosto é doce e estimulante e derrama-se em saliva quente.
Sob a tua sombra, tudo ao redor existe e respira.
De repente.
Sob tuas asas.

Sob a tua sombra tudo em mim é seguro e confortável.
Sob a tua sombra tudo explode em êxtases inacabados.
Meu desejo é áspero e urgente. Um grito à flor da pele.
Sob a tua sombra meu corpo é cio. Frenesi constante.
Luxúria e rompante.
Sob a tua vida.

Sob a tua sombra
As coisas têm mais vida. A vida tem mais vento.
Sob as tuas asas.
Sob a tua sombra.
Por Van Luchiari ©
_____________________________________________________________________

UPDATE: Tem poema novo no PSEUDO-POEMAS. Passe por lá.

14 MIL RECADINHOS:

Paula Calixto disse...

Há-brigo.

Beijos.

Fernando disse...

Olá, Vanzinha!

Primeiramente perdoe pelo pouco contato de ultimamente. Semana passada foi foda. Não consegui nem ter saco pra blogar. Perdoe também senão apeamos um pouquinho no msn. Adoro sua conversa, mas como eu disse, semana passada foi tudo meio abrupto.

Mas sim, o texto. Que você gosta de penumbra, isto ficou explícito. O que talvez tu não saibas é que o teor sensual e erótico que escreve é tão belo que já o julgo o melhor que leio na blogosfera. E o que tem de mulher escrevendo erotismo não tá no gibi. Mas o seus textos, como canso de falar, são tão musicais, tão compassados que me faz pensar que não te faltará matéria prima pra musicar jamais...

Parabéns, Vanzinha! Estupendo!

Beijocas!

Fernando disse...

Ah, foto excelente, hein? :)

Ricardo Rayol disse...

sob uma sombra dessas não tem como as coisas não terem vida.

Mila disse...

Eis a prova de que sombra pode ser aconchego e mansidão... Lindo!!!!
Beijos Mila

Van disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Van disse...

Meus queridos...
Quero que saibam que apesar de meio sumida, estou sempre presente, lendo atentamente cada comentário.
Adoro cada um deles e adoro vocês todos. Obrigada por passarem por aqui, por me lerem, por não terem desistido de mim, enfim.... É muito gratificante pra mim.

Obrigada mesmo.
Em breve voltarei a aparecer com mais frequencia.
Assim que eu conseguir de alguma maneira voltar pra mim, voltar a ser aquilo que eu era, mesmo sendo outra. Quero estar inteira novamente.
Espero que eu não demore muito.

Beijucas a todos!

Ana Bella Carolina disse...

Magnífico!

Sempre que você estiver por aqui eu tb estarei ;D

Super beijo

Ígor Andrade disse...

Que o mundo acabe sob essa sombra!

marcello disse...

Oi Van!
Vc sumiu hein?
Aproveitou o feriado?
:)

marcello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Liz / Falando de tudo! disse...

Sob a tua sombra eu me protejo de um mundo que nao quero conhecer, pois meu mundo é simplesmente você!
Você me inspirou, viu?
Abraço!!

Rui Carlo disse...

Belíssimo e sonoro... teu ritmo e eroticidade estão sempre presentes mesmo... achei este poema diferente dos outros que outrora li, algo como mais seco, enxuto, menos apaixonada... mas lindamente belo, como sempre...
Arrepia-me a alma te ler...

Flavinha disse...

A minha sombra não tarda. Vem de encontro a mim, que tanto preciso dela...

saudade, mulé amada.

Beijos muitos!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari