PRESA

Estou presa a você, irremediavelmente, pela pele de dentro.
Presa ao teu existir, num escorrer doce e lento.
Estou presa a você... prisioneira dos teus dedos quentes.
Eu me rendo, eu me abro, eu me entrego aos teus dentes...
Ofereço-me às tuas línguas e me dispo às suas lentes.
O teu prêmio é meu gozo! O meu prêmio é teu gosto!
Sou teu ardido, teu imaginário, teu escuro, teu silente.
Em ti derramo os meus bálsamos, os meus beijos delirantes.
Estou presa a você pelo eterno de um instante...
Desejo-te ofegante, num suspirar tenro e constante.
Estou presa ao teu escudo, ao teu corpo, ao teu nome.
Eu devoro o teu sonho, o teu proibido, a tua mágica, a tua fome.
Desejo-te ardentemente num querer insaciável que me consome.
E em todas as noites eu te chamo, te sorvo, te como, te invento.
E no meu sonho eu te toco, te proclamo, te desvendo... me contento.
Não há nada mais em mim que esconda o meu grito, o meu intento.
Estou presa a você, profundamente, pelo lado de dentro.

25 MIL RECADINHOS:

Ricardo Valente disse...

Presa pelo lado de dentro. Show, Van, lindo poema. Parabéns! Abraço.

Ricardo Rayol disse...

e carregam os grilhões dessa prisão.

Gabriel disse...

presos estamos todos...a algo, alguém, a alguma coisa..e por que não as leituras dos escritos que vem de voce...presos estamos todos...

Van disse...

RICARDO
Obrigada querido. Sempre bom teus comentários e tuas visitas!
Beijucas

RICK
E que prisão heim? Ser presa assim é bom.... Ou não. Saudades de vocÊ, viu?
Beijucas

GABRIEL
Que meus escritos possam prender-te por muito tempo ainda. Obrigada viu, querido? Meu primeiro leitor. Fiel e querido.
Beijucas

Tudo ou nada ... disse...

Estamos sempre presos à algo ou alguém, e isso é bom e ruim ao mesmo tempo, ou seja, VIVA A VIDA.
ps: acho que estou me prendendo em alguém rs

Bjos

Paulo R. Diesel disse...

Solte-se Van. Solte-se

Bj

Van disse...

TUDO OU NADA
Hmmmm.... Que bom estarmos presos. Vez em quando é delicioso! Viva sim, querido! Viva tudo o que há pra viver!

PAULO
A chave está nas minhas mãos. Quando eu quiser, eu me solto. E aí, não me pegam denovo! Mas não pegam meeesmo!
Beijucas

Three Love's disse...

"Desejo-te ofegante, num suspirar tenro e constante"

lindo, intenso; amei! O que há melhor que um desejar ofegante? apenas um ofegante saciar num ofegante cavalgar.

b.e.i.j.o.s.

Paola disse...

Amora do meu core.
Caraca, quero ficar presa assim.
Será que encontro?
Ou já até encontrei...
*me* batendo na cabeça. kkkk

Love u.

Se cuida!

bjo =**

Guizaum disse...

Achei o texto do poema muito bom, mas a distribuição dele (não sei se é de propósito!), tranforma em confusão, deixando ainda mais interessante de ler.

Cara! como eu coloco um metatag no meu blog? até hj eu não sonsegui! (o "O QUE TE INTERESSA?)

Edu Grabowski disse...

A Van é um mundo de surpresas poéticas!

Estou preso a você: à sua poesia, às rimas, às letras, às palavras, aos textos, aos contextos... e à sua voz!
Adoro-te, Van!
Beijo grande,
Edu.

Van disse...

DIOGO
Melhor que isso, só quando deixa de ser só desejo.

PAOLA
Amor, se ainda não encontrou, com certeza encontrará! Te amo, linda.

GUIZAUM
Se fica melhor pra ler assim, que eu possa ser bem confusa sempre. Obrigada pela visita, baby. A nuvem de tags que vc quer é feita com um código html que vc insere no template do seu blog. É bem simples. Se quiser, te dou as dicas e te mando o código.
Beijucas

EDU
Amore, tb adoro você. A tua amizade é uma delícia! Que eu não a perca nunca. Beijucas

Flah disse...

E quem é que quer se soltar de uma prisão assim? Eu não quero ;)

Beijuca, lindona.

Daniel Moraes disse...

Mais que presa, estais ligada a alma do ser amado. Ligação de corpos, mentes e almas! Lindíssimo texto, parabéns.

http://so-pensando.blogspot.com

Anne disse...

Nossa, que forte isso, linda!!! Adorei, tb não ia querer me soltar de uma loucura dessas não...rs.
Vc escreve maravilhosamente, adoro suas palavras e também ouço vc cantar lá no meu pc...rs. Talentosa sempre, em tudo!

Bjos, linda!!!

Bill Stein Husenbar disse...

É tão bom estar preso a alguém nem que seja de alguma maneira. Talvez esse mundo de sacrificios gostosos lhe chamem de dedicação. Ou quem saiba de amor...

Lindíssimo mais uma vez, Van.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Victor Oliveira Mateus disse...

as férias fizeram-me mal... deixei
o comentário a este texto no outro
que se encontra em baixo... não importa: conta a intenção e sempre
podes lá ir ver... Bjs.

Sérgio Luyz Rocha disse...

...assim me prendo a você...rsrsrs...e não tem quem me arranque...

Van...lindamente por dentro e por fora...palavra e sentido em doses exatas, ou seja, fartas!!

Bjs!!!

Antonio Sávio disse...

Mais uma pérola. Escreve para te libertares.

Van disse...

FLAVITCHA
Eu tb não quero! kkkkkkkkkkkkk

DANIEL
Obrigada moço. ;) Estar ligada à alma de alguém é delicioso.

ANNEZINHA
Amore, e eu adoro você. Linda!

BILL
Tem razão. É cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a essa dedicação. Saber amar está cada vez mais difícil. Sempre uma delícia te receber. Beijucas

VICTOR
O que importa é que você veio, moço. Obrigada! ;) Vou ler o outro coment. Beijucas

Van disse...

SÉRGIO
Pois então.... prenda-se! ;)

SÁVIO
Ahh querido, você decifrou tudo! Escrevo para me libertar. Escrevo para explodir e gritar o que não grito, o que não explodo. Escrevo e minhas palavras arrebentam as correntes que me prendem.
Muito bom te ler, como sempre.
Beijucas

iara disse...

ai van, que lindo!!!
tb fiquei prisioneira...
não queria...mas havia uma força...
fui...
tá tudo bem
bjs

Victor Canti disse...

forte, intenso, marcante...
suas palavras criam vida, são perfeitamente arranjadas, revelam forma e conteúdo...
gostei!!
beijos

Ígor Andrade disse...

Ei Van, e é bom o "estar presa"?
Abraço!

Van disse...

IARA
Que delíciaaaaa! Vá! Vá sim!

VICTOR
Obrigada moço. Delícias de palavras e elogios. Adorei. Beijucas.

ÍGOR
Ô se é, querido! Bom demais. Desse jeito é! Beijucas

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari