RASGUE-ME!


Meu presente pra ti é sem limites, sem enfeites.
Apetite e gosto. Limpa e nua... É assim que eu sou tua.
E serei
pra sempre teu pouso, tua pista, teu deleite
Enquanto durar essa noite, as estrelas, minhas asas ou a lua.
Enquanto existirem janelas,
estarei aberta, à espera de que invada-me por elas.
Não há nada em mim que não te queira tão dentro
E tão sempre e tão muito...
E tão
doce e tão quente.
Eu me ofereço à tua mesa, ao teu membro, à tua cama
Ao teu centro, aos teus dedos, tua língua e tua mente.
Por ti eu me inclino, me abro e cometo o desatino.
Saio de mim, fluída e líquida e findo em tua boca.
Ser tua será meu castigo e destino!
Querer-te é minha mudez, meu sussurro, minha voz rouca.
Querer-te é sangrar lentamente, escorrendo vontades.
A ti
(a ti) meu querer, eu confesso: Só pretendo verdades.
Meu presente pra ti é meu poema...
Meu corpo, meu tudo, minha alma.
Quero estar nua! Quero ser tua!
... Até que me tires tudo...

Até que me rasgues inteira

Até que me arranques a pele e a calma!


Por Van Luchiari ©



Tem posts novos no meu recém-inaugurado Deu TILT no DiVAN.
("Como paracer louco na sociedade moderna" + uma animação divertidíssima na academia! )
Passem por lá, comentem, divirtam-se... O DiVAN é confortável e é todo pra vocês.
Aceito sugestões, e-mails e parcerias. Até lá.

***

Também tem post fresquinho no SECRET LOVE (Proibido para menores)
Depois de uma longa pausa, "Demore-se".


28 MIL RECADINHOS:

Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
iara disse...

maravilhosa! perfeita a poesia.
e é assim que fui de um certo alguém....
bj

João da Silva disse...

Maravilhosas palavras, maravilhosas imagens... ninguém pode dar mais, nem mais intensamente, do que aquela pessoa que SE dá, que SE entrega.
Amei e me emocionei.
Beijos, linda, beijos mil

Paulo R Diesel disse...

"Que seja infinito enquanto dure..."

Que poema, Van

Beijo.

Anônimo disse...

violento, brutal, desnecessário

Van disse...

CARLOS
Que bom. Beijucas

IARA
Que delícia!!!!!! =)))) Tão bom quando isso realmente acontece. Essa entrega incondicional... Beijucas

JOÃO
Delícia de comentário, isso sim. Beijucas

PAULO
Obrigada querido. Bem lembrado! Beijucas

ANÔNIMO
Suave, súplica, querer profundo.
Sabe? Sentir, desejar, dar-se é sempre necessário. O querer têm várias faces e facetas. Essa é apenas uma delas. E cá pra nós: querer, amar, desejar, fazer poesia... nunca será desnecessário. Não pra mim.
Mas respeito tua opinião. E obrigada por dizer.
;)
Beijucas

Ígor Andrade disse...

O mundo precisa de mais intensidade, Vanzinha. Continue assim, intensa, aguda, poderosa, enérgica...
Abração, Van!

VFS disse...

"...

faz amor com as palavras,
funda a alma ao corpo
e beija com o coração em pureza.

é no turbilhão dos sentires
que todo o verbo se conjuga.

e o que é, ser-te-á retribuído

em amor e criação."


Beijos e saudades

sagher disse...

lindo, do melhor que por aqui tenho lido

Ravnos_Blacklotus disse...

Estava de passagem, e não resisti fazer um comentário... Está de parabens pelas palavras.

Anônimo disse...

Adorei.

Qualquer dia vou tecer um poema especialmente para você. Será bem diferente. Um tema erótico absolutamente incomum. Mas erótico mesmo! Sem falsa modéstia, pretendo atingir a proximidade da fina flor do erotismo. Acho que você irá gostar.

Anônimo disse...

Sobre o "Fina flor", esqueci de me identificar.
Sancho Brancaleone

sifro disse...

Desgarrador, casi trágico, un amor teatral, dramático, Lorquiano....leal en tiempos de deslealtad, sin condiciones en tiempos de condiciones...desgarrador, Van...escrito con las entrañas....

Adriano Queiroz disse...

"Querer-te é minha mudez"
Que belo.

Abraços.

Patrícia Lage disse...

Ai, que lindo! Esse rasgar que é ser inteiro, completo, único...

Eu anseio por isso, por me rasgarem e eu me ver existindo em cada canto qualquer. Penso que rasgar é preciso... Pra existir completando.

Van, querida, meu beijo que é teu.

Tatá disse...

Van, dear, mega saudades!
Eu amo essas coisas de intensidade, esse fogo descontrolado, essa sede de prazer...muito delicioso esse poema.
É tudo o que quero, que busco...e, que, quase sempre, sinto. Bom demais!!!

Beijo grande...bem grande mesmo

Jana disse...

Perder a pele e a calma?
A-dóro!

Beijocas

Van disse...

ÍGOR
Tô tentando, poeta.... tô tentando. ;) Beijucas


VICENTE
Como sempre, poema irretocável e lindo! Obrigada. Saudades também. Beijucas

SAGHER
Que bom ouvir isso! ;) Obrigada. Beijucas

RAVNOS
Não esteja só de passagem. Se gostou, volte! Será um prazer. Obrigada pelas palavras, querido.

SANCHO
Quando esse poema ficar pronto, corra pra me avisar. Ou me mande por email: vanluchi@gmail.com
Fiquei curiosa agora. ;) Beijucas

SIG
Fazer o quê se tudo em mim sai assim desse jeito? Tudo com as entranhas.... Tudo demasiadamente explícito. Sei lá....
Te adoro, Mi espanhol preferido.

ADRIANO
Muuuuuito obrigada querido. Beijucas

PATTY
Rasgar assim pode ser doído às vezes. Bom é quando existe isso em via de mão dupla se é que me entende. Rasgar sozinha não tá com nada! E siiiiiiiiiiiim! Você ainda irá ter isso, e muuuito!!!! Alguém como você???? Merece o mundo! Beijucas amoreca, coisa mais linda, boniteza de viver. Te adoro, viu? Beijucas

TATÁ
Intensidade é com a gente messssss né lindona? =)))) Saudades também. Muitas. Já casou? Beijucas

JANA
Hehehehe..... Bão né? Nham nham. ;)
Beijucas

Graça Pires disse...

Poema da entrega total...
Um beijo Van.

Van disse...

GRAÇA
=))))))))))))))))) Éééé! =))))))
Beijucas

Robson disse...

Eitcha quanta sofreguidão hein?
bj pra vc cantora!

Van disse...

ROBSON
Sofreguidão?
Diria desejo... paixão... entrega...
Beijucas

chicoelho disse...

Belissimo amor incondicional!!

Bjs

Troll disse...

Rasgar a pele, rasgar o corpo, machucar em uma dor que mais envolve que repele. Na verdade, uma dor q está lá pq algo tão bom é parte dor, sempre.

Essa entrega, buscar sensações, quaisquer que sejam, pq mostram que o sangue pulsa, q corre forte, que carrega esse desejo por todo o corpo e nos faz esquecer de onde ele parte. Mente, sexo, carne, nada mais é divisível... tudo é pele e tudo pulsa.

Van disse...

CHICO
Se for pra amar, que seja assim. Não é? ;) Beijucas

TROLL
Quente. Quente. Comentário intenso!
Tem uma frase de uma música minha que diz assim: "SEMPRE CHEGUEI AO CLÍMAX...NÃO SEM DOR".... É isso. Prazer e dor. Um quase outro. Outro quase um.
Obrigada pela visita, querido.
Beijucas

Ricardo Valente disse...

Sabe, que hoje fui ouvir a música. Passo seguido por aqui, nem sempre comento! Muito boa, ímpares, né? Gulosa!!!

Van disse...

RICARDO
A música ÍMPARES é uma composição minha. Música e letra. Que bom que gostou.
...
Como você descobriu que eu sou gulosa??? ;) Pois sou mesmo.
Beijucas

Lou disse...

Gostei do blog e do estilo visceral. Abçs

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari