DO AMOR E DAS TEMPESTADES

Para Zingador - Que ama. Porque tem coragem pra isso.

VEM VINDO UMA TEMPESTADE
ABRA AS JANELAS E DEIXE-A ENTRAR!


Engana-se quem pensa que detém o poder aquele que é amado, quando é justamente o contrário... Poderoso é quem ama sem medo. E se entrega. E se dá. E goza! Poderoso é quem abre o coração. Isso é coragem!!!!! Entregar-se é coragem! Sentir é coragem! Amar é coragem! Amar é pulsar e latejar... Exalar vida por cada poro, por cada pele. Pura coragem! Delicioso poder!
Ser amado é covardia, é medo, é comodismo!
Amar é coragem, transbordamento, salto no abismo! Só quem ama é capaz de mexer nos mecanismos da vida e mudar os caminhos do mundo.... Só quem ama pode. Só quem ama vive!!!!
Só conhece a vida na sua fonte e plenitude aquele que abre o coração. E se rasga. E se joga.
E se põe nú bem no meio da tempestade. E abre as janelas pra que entre o vento e a chuva. Que venham as fúrias do universo molhar meu corpo! Que venham os raios me queimar e iluminar!
Amar é gritar bem alto o que se sente, se quer, se goza! Só conhece o clímax aquele que tem gula, que dói, que sofre, que realiza dentro e fora de si os milagres diários do querer. Só quem tem a coragem de sentir é capaz de amar.
Amar é um ato de SER!
Amar é atravessar os abismos profundos andando por fios invisíveis de sonho e magia.
É sentir as sensações de vai e vem de um orgasmo sagrado e infinito. Amar é estar o tempo todo em êxtase, de mãos dadas e corpo entrelaçado com a vida, trêmulo e vulnerável! Amar é mergulho e mistério pelos fluidos e odores do desejo. Amar é salto e vôo livre de alma e corpo! Ousadia!
Amar é o que importa, e todo o resto é nada!

Ser amado apenas é tédio. Ser amado é catatonia. Anestésico pra vida..........
Ser amado é covardia e ridículo!
Mergulhe! Salte! Exploda! ... Ame! Isso é coragem.

QUE VENHAM TODAS AS TEMPESTADES!
Texto originalmente postado no dia 28 de julho de 2007
Foto/Edição: Van Luchiari


Posts novos também no SECRET LOVE (para maiores) e no Deu TILT no DiVAN (Um divertido texto sobre a eterna guerra dos sexos: Por que as mulheres enlouquecem os homens? Descubra lá no DiVAN) Até lá queridos.
E só pra lembrar: dentro de 3 dias, o blog VAN FILOSOFIA completa 2 anos. ;) Obaaaa! Nossa! Parece mais...

18 MIL RECADINHOS:

Zingador disse...

E como vara de bambu estarei ao vento, estarei ao centro de tudo, estarei vulnerável e mesmo que o vento seja forte e me quebre ao meio, estrei feliz, estarei amando, estarei completo, depois me ajeito, depois eu dou um jeito.
Perfeito, perfeito.
Um abraço amoroso e perfumado minha querida.

Van disse...

ZINGA
Exatamente isso, meu querido. Coração regenera, não importa o quanto sangre. É sempre melhor deixá-lo sentir profunda e intensamente do que trancafiá-lo e embotá-lo. Nada de calabouços!!!! Amar é viver. Ai ai..... ando inspiraaaaada! Afff! Que coisa irritante! kkkkkkkkkkkkkkkkk
Beijucas

Antonio Sávio disse...

Lindíssimo texto. Poético e forte ao mesmo tempo. Obras assim, de tirar o fôlega são cada vez mais necessárias neste tempo de ponderações.
Beijos linda.

Márcio Ahimsa disse...

Ei, querida Van, é assim mesmo, é isso mesmo, amar é ter coragem para encarar a vida e dar um tapa no marasmo, dar um tapa na falta de coragem e seguir caminhando triunfante sobre os covardes, sobre os medrosos.

Beijos, querida, sempre.

D.Ramírez disse...

Lindo demais o texto, forte escrito com garra, com tesão, com amor e paixão.
E viva o amar, o amor. Amar é tudo de bom..
Amo e ponto..
Adorei de montao seu texto, com amor

Besos

Theresa Russo disse...

Eu esperava ouvir algo assim hoje, como se espera uma chuva no deserto...Minha alma regojiza por tuas palavras que, além de serem verdades, são bálsamos e prova de quem ama também...
Obrigada caríssima poeta..
Theresa Russo

Theresa Russo disse...

Você faz idéia da importância de um poeta que diz a verdade sentida? Esse sãos os que fazem o mundo ter sentido..e razão...Você é um deles...Obrigada por esses texto..MUito obrigada...
Theresa Russo

Monday disse...

eu sempre achei que amar, gostar e ir atrás do que se quer era normal .. rssss

Van disse...

ANTÔNIO
Sinto-me tão honrada ouvindo isso de pessoas como você, sabe? Leitor exigente, inteligente... Um elogio assim só me faz querer continuar. Obrigada. Beijucas

MÁRCIO
É isso aí! Eu sou dessa turma aí. Essa que ama. E sente. E salta! =)
Beijucas

D.RAMIREZ
Acertou em cheio! Escrevi esse texto assim mesmo, com garra, tesão, amor, paixão! Lembro-me que foi quase uma catarse escrever isso. As palavras jorravam de mim feito lava de vulcão. E daí deu nisso. Que bom que gostou. Mesmo. Beijucas

THEREZA
Obrigada você, querida... Por sentir cada palavra minha. Por ter deixado a tempestade entrar. Por ter acolhido alguma coisa boa de tudo o que eu escrevi. E sim, amemos! Amemos muito! Amemos mais! Quando nada mais restar, ainda restará isso! Coragem, querida!
Obrigada demais pelos comentários. Que bom ler-te.
Beijucas

MONDAY
*melhorou da tendinite?*
Ah, querido... isso é porque tu és mesmo o "último romântico", já te disse. ;) Mas é cada vez mais raro encontrar pessoas com coragem pra amar de verdade com entrega total. Pelo menos é o que eu vejo por aí. Uma superficialidade, uma mania de achar que as pessoas são descartáveis e que então pode-se usar hoje e mudar amanhã. Muita variedade, pouca qualidade. Veja até onde chegamos com essa lei da oferta e procura! kkkkkkkkkkkkkkk
Não escapou nem o amor! Mas ainda assim acredito que os poucos que restaram irão contaminar o resto que esqueceu de como era sentir de verdade.
Viajei né? Sorry! É o avançado da hora e o efeito das doses de Absinto que hoje arrisquei tomar. (não vi nenhuma fada verde, mas um dia ainda verei). Um perigo responder comentários nesse estado. kkkkkkkkkkkkkk
Chega. Parei. Beijucas

Ricky Bar disse...

VanPira, de braços abertos selvagens
Mirando com olhos hipnóticos, mortais
Beija como estradas incendiadas
Trazendo luz pra escuridão
Faz as artérias pulsarem
Sangue correndo na contra mão
Vampira, anja caída,
Estaca no coração
Furta o sopro de vida
Morde com dor e paixão

Troll disse...

Q VENHAM!

Explodindo no coração como ondas nas pedras do quebra-mar, vencendo barreiras intransponíveis. Amar é não ter opção. Ser amado, somente, é o egoísmo de poder dizer não a qualquer momento.

Idéia tola. Vida fugidia e seca.

tita coelho disse...

Que obra hein lindona? Amei!!! Um texto forte... Que diz muito! :) Tem gente que não consegue escrever saca? De uma maneira compreensível... Mas tu sim!
Beijos menina linda :)

Camila :) disse...

,concordoo *.*
seem maais palavras xd

bejoos

Viver é Bom ! ! ! disse...

Do Zingador vim parar aqui, para ler o que escreveste a ele... assim já meio tonta pelas divinas palavras...e... quando chego aqui sou inundada por mais este arrebatador texto !!! Que beleza !!! Hoje deve ser meu dia de sorte !!!
Lindo.
Lindo.
Lindo.
Adorei seu blog.
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Daniel Silva (Sair das Palavras) disse...

Muito original. Muito bom, mesmo

Van disse...

RICK
Vampira? Só se for do bem.... Super do bem! =) Aprendiz da eternidade, quem sabe. Nesse sentido, talvez. ;)

TROLL
Você me entende. Você é um igual. ;)
Beijucas querido.

TITA
Amorecaaaaaaaaaa, ocê aqui, que bão!!!! =))))) Linda! Adoro-te! Brigada viu? Beijucas

CAMILA
Moça, obrigada pela visita. Adorei. Volte outras vezes, mesmo quando não concordar. Estarei aqui. Beijucas

SOLANGE
Claro que irei te visitar, moça. E será sempre um prazer te receber aqui. =)))) Que bom que gostou, querida. Volte! Volte!
Beijucas

DANIEL
Obrigada. =) Se é original, não sei, mas com certeza é uma verdade minha, gritada assim de peito e alma abertos.... E você me ouviu. Que bom. ;) Beijucas e muito bem-vindo, sempre!

Merlin disse...

...Poderoso é quem ama sem medo. E se entrega. E se dá.

Gostaria de acrescentar:

E que vence quaisquer barreiras para que a entrega seja física!

Bonito enquanto poema para o ser amado. Sublime com a consumação da entrega física.

Você é sempre muito intensa, Van! Espero que você tenha vencido todas as barreiras. Ou que as vença em breve.

Van disse...

MERLIN
Vencerei, uma a uma, todas as barreiras!
Beijucas, querido.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari