O CASO PLÁGIO: DOSSIÊ BUMERANGUE - INTRODUÇÃO AOS FATOS

(Um capítulo negro na história iluminada do Van Filosofia)

A todos:
  • Uma PAUSA involuntária se impõe sobre mim. Uma denúncia de plágio que eu estou tendo que averiguar. Há uns dias recebi uma denúncia anônima de que eu estava sendo plagiada. Encontrei dois poemas meus roubados discaradamente por uma pessoa e postados numa comunidade de músicos da qual faço parte. Desde então, minha vida não tem mais um minuto de paz. Essa pessoa me roubou mais que poemas. Roubou-me a paz, as noites de sono, a saúde. Invadiu minha vida, devassou minha obra. Insiste na mentira. Nega dissimuladamente as acusações e faz loooongos discursos sobre como ela é honesta e linda e do bem e verdadeira e maravilhosa e prestativa e perfeita... sem provar absolutamente nada com relação ao ocorrido, sem apresentar uma prova sequer. Claro! Porque não as têm. Porque não pode tê-las. Porque mente! Eu, por outro lado, garantida por lei, com os poemas registrados na Biblioteca Nacional, apresentei provas e mais provas de que eu sou a verdadeira autora dos poemas. Além disso, descobri vários outros plágios dessa figura patética. A cada minuto me chegam novas informações de outras pessoas que foram lesadas, prejudicadas, roubadas por ela. Por isso essa minha ausência daqui, da minha arte, da minha criação verdadeira e autêntica. Mas digo a todos que estou preparando algo sobre isso tudo que vem acontecendo pra apresentar aqui pra vocês. Acompanhem os capítulos negros dessa estória absurda de roubo e mentiras que eu tenho tido que enfrentar. Ser roubado é muito, muito doloroso. E dói ainda mais quando você, mesmo provando tudo, não consegue providências nem punições. Porque a larápia em questão atordoa a todos com seus discursos chantagistas e sua postura de vítima. É boa de lábia, como todo mentiroso patológico. É... Tenho passado por isso. Tenho empenhado meu tempo todo em defesa das minhas "crias". Contarei tudo nesse blog de agora em diante..... Acompanhem! Estará tudo aqui. Capítulo por capítulo. Fiquem comigo.
  • Dessa vez não ficarei calada. Vou até o fim!!!
Saudades de todos. Saudades da minha arte intacta e reconhecida. Saudades da minha saúde e das noites sem tristeza e sem esse sentimento de invasão.
Saudades....

23 MIL RECADINHOS:

sifro disse...

Hola Van...cuando te leo, a veces, me cuesta entender el portugués y puede que me pierda algo de lo que intentas transmitir. pero esta vez está muy-muy claro. Leo rabia e indignación en tus palabras, y la expresión de una ira que estaba larvada. Adelante van, adelante en la defensa de lo que es tuyo, de lo que te pertenece y NOS pertenece. Todo mi apoyo solidario desde España.....cuenta conmigo para lo que necesites.

Millones de besos (con copyright)

Bill Stein Husenbar disse...

Um excelente Carnaval repleto de aroma, cor, animação, felicidade e muita festa.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com

NiNah disse...

Hummm
Querida, que chato. Tenho uma amiga que também sofreu plágio e o engraçado que a louca continua com o blog é complicado e isso nos deixa a pensar se realmente vale a pena ou não colocar nossos textos numa página de internet. É um risco que corremos.
Penso que senão fosse a internet nunca conheceria você ou qualquer outra pessoa de blog ou orkut. Tudo na vida têm seu lado ying e o yang. Espero que você melhore e fique sempre certa que a lei do retorno existe e quem sabe essa pessoa doente de alma venha cair em si.
Um grande beijo e meu apoio pra tudo.
Abraços e fique bem sempre minha querida.

NiNah disse...

Querida, vi um site/blog e talvez te ajude.
http://digitalpaperweb.com.br/ezine/web/plagio-a-eterna-batalha-online
Bjo

Mila disse...

Van,
Ainda bem que é uma pessoa precavida e tem o registro de sua obra.
Pessoas que fazem isso são realmente pusilânimes demais para que sequer sejam dignas de nota.
Seu talento que é gigantesco sempre te brindará com obras magníficas, que provocarão inveja em seres inferiores e sem humildade para apreciar.
Imagino o que seja esta invasão. Mas saiba que vc é muito maior do que isso e que seus verdadeiros admiradores lhe tem em altissima conta!!!!
Beijos Mila

Edu Grabowski disse...

Ei linda Van!
Pois é amore, já dizia o velho ditado: SEGURO MORREU DE VELHO! Bora pegar essa sacana, e aplicar as devidas punições! Gente com ela não merece espaço! Não merece ter "voz"!
E como você disse no e-mail:
"Quem sabe, cria. Quem não sabe, copia!"

beijos e espero que logo volte a sua paz!
Seu amigo e fã de sempre,
Edu

Paulo R. Diesel disse...

Se precisares de testemunhas, conte conosco, os teus leitores

tita coelho disse...

Van,
é o ônus que se tem por publicar na net. Faz tempos fechei meu blog de poesias e nã posto nada público... Prefiro guardar e publicar outro livro.
Mas vai até o final, viu menina? Plágio é crime, não dá para deixar assim.
Beijos

Nuno de Sousa disse...

Agora amiga precisas ter força e continuar em frete afical sabes de que lado está a verdade.
Continua a nos dar o que tão bem sabes.
Bjs e um bom fds e um ótimo Carnaval.
Sorrisos e haja alegria em ti.
Nuno

*Raíssa disse...

Também fui plagiada há pouco tempo por um sujeito que, por acaso, é meu seguidor. O cara de pau postou meu texto em dois blogs dele dando créditos a ele e a mais algumas pessoas. Até um meme ele roubou com todas as minhas respostas!! Fiz um comunicado em meu penúltimo post e ele tentou se fazer de injustiçado! Apagou os posts em que ele copiou os meus e escreveu um post falando mal de mim, vê se pode? Deixei um comentário enorme no tal post e ele ficou com tanta vergonha que apagou também... Além de plagiador e de escrever super mal, ainda é cagão.

A única coisa boa em ser plagiada é que você tem a confirmação de que escreve bem e de que gostam dos seus textos. Não vou dizer pra você não se preocupar com isso, porque é impossível, mas não passe mal por causa disso, porque provavelmente não vai ser nem a primeira nem a última vez. Sempre tem uns espertinhos por aí.

Beijos!

Késia Maximiano disse...

caramba!
Boa sorte...

Vc sabe se paga pra registrar na biblioteca nacional? como é o procedimento?
Beeeeijo

Seba disse...

Manda bala... plagiar arte, considero o pior dos crimes...

Monday disse...

Van van

Apoio irrestrito ... tem gente que acha que pode e vai fazendo meleca, pensando que nunca vai dar zebra ... mas uma hora sempre se vira na esquina errada ... e aí, xilindró pra ela ...

se cuida

bjks

UltraViolet disse...

Querida, te dou todo o apoio, sei muito bem como são essas figuras bizarras da net que vivem na mentira e fazem plágio para obter aplausos e admiração das pessoas. Só lhes resta usar essa arma , se fazer de vítima, mas você tá certa, tem mais é que colocar os capítulos dessa novela para todos saberem quem é a pessoa.

Bjs.

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Van, isso doi, doi muito, eu sei. Eu tbm fui vitima dessa prática numa rede de tv, quando inocentemente, enviei um roteiro de um longa para que uma amiga lá de dentro pudesse apresentar ao responsável pelo núcleo e não deu outra; tempos depois, não só o tema como uma cena completa foi chupada! Não tem nada não, mesmo tendo minha obra registrada no FBN/EDA, deixei passar batido. O castigo vem a galope (uma frieira nos dedos do pés que irá comer até os colhãos do safado noveleiro!) e vingança será maligna! rsss

Um beijo solidário

Hélio

Nada a Declarar disse...

Van, estou chegando agora de São Paulo, onde estava a trabalho, e me deparei com seu email vindo do Caiubi.
Sou solidário ao seu problema, apesar de estar me inteirando agora.
A outra parte do problema não é minha amiga, nada sei sobre esta senhora, mas concordo que pode ser alguma patologia, algum desvio psíquico,pois
vejo o jogo de sedução que ela faz, e bem, com todos a sua volta.
Apesar de lícito, este joguinho é deveras estranho. E é isso que ela me causou desde o meu primeiro dia de caiubi: estranhamento.

Estou abismado com tudo isso, mesmo entendendo que o caiubi nada tem com este embóglio.
Poderia ter acontecido em qualquer site.
Espero que você resolva logo e tudo dê certo, menina.
Sucesso e sorte. Bjs

Nada a Declarar disse...

Van, estou chegando agora de São Paulo, onde estava a trabalho, e me deparei com seu email vindo do Caiubi.
Sou solidário ao seu problema, apesar de estar me inteirando agora.
A outra parte do problema não é minha amiga, nada sei sobre esta senhora, mas concordo que pode ser alguma patologia, algum desvio psíquico,pois
vejo o jogo de sedução que ela faz, e bem, com todos a sua volta.
Apesar de lícito, este joguinho é deveras estranho. E é isso que ela me causou desde o meu primeiro dia de caiubi: estranhamento.

Estou abismado com tudo isso, mesmo entendendo que o caiubi nada tem com este embóglio.
Poderia ter acontecido em qualquer site.
Espero que você resolva logo e tudo dê certo, menina.
Sucesso e sorte. Bjs

Ted's disse...

Creuzita, vc sabe que não entendo patavinas desse universo bloqueiro... Mas, porque vc não põe o endereço do blog que te plagiou aqui??? Aí td mundo ia ver quem foi que te plagiou, e com certeza a talzinha ia receber tantos, mas tantos comentários denunciando-a, que no mínimo ela ia acabar se enchendo de tanto comentário que iria sumir (ainda que por um tempo)... Bom, nem sei se isso é "bloguisticamente" ético fazer, mas, fica feita a sugestão...

Bjos enormes

Ted's

Simone disse...

Oi, Van,
Que chata essa história do plágio; sou a favor de que você procure legalmente tudo o que pode fazer contra a plagiadora - quem sabe sofrendo alguma retaliação, esse povo não pare de roubar a obr alheia? Revoltante... (E concordo com o Ted´s: diz quem é pra gente encher o saco dela! hehehe
Mas espero que você esteja melhor...
Beijo grande, saudade...
Simone.

Anne disse...

Engraçado como algumas pessoas, ao invés de admirar o talento, as belas palavras e obras, tem essa doença estranha que faz querer para si o que é de outro, que faz querer destruir, sujar, roubar o que é imaculado, o que é parte da alma de alguem. É triste que exista gente assim, gente q não sabe produzir, que nao tem talento e nem respeito, que na verdade não tem é nada. Sem caráter, sem talento, sem repeito e provavelmente sem uma vida que valha a pena, já q tem q roubar pedaços de vida alheia...

Ainda bem que gente assim toma paulada da vida, mais cedo ou mais tarde. Tudo o que se planta, se colhe... força aí, Van! Vc vai conseguir provar tudo e quanto a ela... só provou que falta muito o que evoluir...

Beijos, minha linda amiga! E lembre-se sempre que eu te admiro muito! Amo-te!!!

PALAVRAS AO VENTO disse...

Tenho duas obras registradas na BN, depois que comecei a ler seu blog me dei conta de que precisava registrar as outras... Faço poesias e as reuno em coletâneas, essas duas que foram registradas eu publiquei um livro.
É realmente chato saber que pessoas usam indevidamente nossos textos, que não tem noção de por autoria, são pobres coitados e idiotas que desconhecem a lei. Eu no seu lugar não entraria em fórum de discursão em comunidade, mas abriria um processo na BN. Enfim, estou contigo, seus textos são lindos, dá vontade de levar pra casa, mas um dia vc publica um livro, certo?!
ABraços

Tatiana disse...

Olá...sou participante lá d site de compositores e vim ver o que rolou. Que coisa louca, né? E burra porque mentira tem perna curta. Não faço idéia quem seja a " copiadora" mas tem a meu apoio pra botar as coisas nos devidos lugares. Se você tem registrado, melhor. Assim não deixa espaço para dúvidas.
Força ai!

Carlos disse...

Só para registro: Ao fim e ao cabo, a justiça foi feita na data de 27/12 às 24 hs. Parabéns para você Van. Por sua garra em defender sua criação.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari