CAÍDOS ©


Gabriel - Lamb


Em algum lugar no espaço que nos separa eu perdi minhas asas.

Caídos os anjos desse paraíso inventado, tornei-me presa às correntes desse chão em que existo.
Ao mesmo tempo, presa às tuas mãos. Atada ao teu coração por fios invisíveis. Fortemente imersa nesse amor. Amor? Entregue à escuridão que há em tudo. Porque sem tua vida na minha eu também estou incompleta. E até minhas palavras são um voo incerto. Um risco desnecessário. Um erro.
É nesse impossível chão que eu sangro as minhas asas. Sangro minhas letras poucas e toscas. É nesse frio concreto que eu ergo em labaredas a minha chama. É aqui que eu renasço e me sinto tua. Corpo e alma. Mãos e asas. Gozo e canto. Mudez e Nudez.
Toca em mim. Leve-me nas tuas asas. Eu posso voar, mas preciso das tuas asas. Posso amar, mas preciso do teu coração. Meu corpo caído de asa solitária e partida não alça seu voo sozinho... Precisa de ti.
Teu amor amputou minhas asas. Agora sou só e nua dentro do teu abismo. Incompleta.
Sou uma metade imperfeita sem a força do teu amor, súbito e vital.
Talvez essa completude só seja possível numa outra dimensão. A do sonho, onde te toco e te amo! Lá onde tudo o que não podemos tocar é o que sentimos mais profundamente. Nos tocamos com os outros sentidos.
Sentir é um estado invisível.
Sem as tuas asas nas minhas não há abismo nem salto.
E a vida é chão. E voar é longe.


Van Luchiari ©
*Texto registrado na Biblioteca Nacional.
Todos os direitos reservados ©

Creative Commons License CAÍDOS © by Van Luchiari is licensed
under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-
Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License



Visite também VANZINE e SECRET LOVE (proibido para menores)


7 MIL RECADINHOS:

Edu Grabowski disse...

"E a vida é chão. E voar é longe."

E caminhar cansa...mas ficar parado é morte. Errar é uma forma de aprender... E aprender é mostrar que entendeu. E quando entendemos, tudo fica simples de novo!
Edu Grabowski.

Frase inspiradora a sua!... Meu breve pensar a você.

Ta sumida, Van... apareça!
Beijos,
Edu.

Mago Ykhro disse...

Quando tratamos das muitas viagens pelas quais subimos e descemos - dum reino para outro - em mundos paralelos, somos desconhecedores da palavra "queda".
Por outro lado, neste ponto em que a humanidade resolveu (ela mesma) retardar sua própria evolução, todo anjo que - diferentemente de nós que amamos a Poesia - resolva ficar olhando tudo do espaço plangendo sua harpa como se fugisse da beleza proveniente dos mistérios do coração h-u-m-a-n-o... Tal anjo perderá parte de sua missão.
Por essa razão principal, sou anjo caído mas não prostrado.
Aquele tal anjo caído, de que tantos se assustam, é na verdade um anjo prostrado, porque ficou aquém da Poesia - e isso foi justamente por desejar ser melhor do que o h-u-m-a-n-o.
Sou anjo caído, mas não prostrado.
E isso porque não fujo (como cada um de nós aqui não foge, porque é poeta) da condição de h-u-m-a-n-o.
Sou anjo caído, mas não prostrado.
Façamos a revolução, pois os anjos prostrados somente pensaram em rebelião.
Saúdo a você, Van, e a todos os outros verdadeiros anjos - que fazem a revolução, e NÃO a rebelião, pois igualmente não fugirei de ser um h-u-m-a-n-o (caído, mas não prostrado).

Olhos de Folha Minha disse...

sem quatro asas não há sentido algum, sem parceria, há solidão e pé no chão cavando-nos ao chão...
Muito bom.ab

gdec disse...

Belíssimo . Como V. é, minha querida .
Geraldes de Carvalho

Laguardia disse...

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.

Jester disse...

Sempre tem coisa boa aqui. Aprecio muito o seu estilo, menina. Parabéns.

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui conhecendo e lendo um pouco em seu blog!! Abraços |Ademar!!

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari