CARTAS AO POETA - DOS DESEJOS ©

*Trecho de um texto/carta que estará no meu livro "CARTAS AO POETA AUSENTE" com lançamento previsto para fevereiro de 2010.


Teardrops - Massive Attack

O desejo me confunde, poeta.
Faz-me doer essa latência esquisita de não te ter quando a noite cai. Porque tu sempre desapareces quando a escuridão das estrelas chega às minhas mãos. Sou sempre sozinha quando não há você por perto.
Esse súbito amor me revira.
Sinto tudo do avesso. Meu corpo, minha mente, meu gozo... tudo está bagunçado.
À noite, quando a tua imagem teima em fugir de mim e habitar outros mundos é que eu sinto essa dor incômoda feito farpa enfincada na pele. Essa demora que não te tem, que não respira teu ar, que não sabe nem o toque nem o gosto da tua língua em mim e em minha boca e em meu sexo. Meu sexo, este sim latejante de ti. E a vida... (ávida!) E a vida...
Meu corpo todo te pulsa, poeta. Mesmo sem nunca ter tido teu gosto na minha pele e nos meus lábios.
Essas noites cruéis que me afastam de ti e me deixam à deriva do teu cais. Essas noites mal-assombradas de sentir teu fantasma rondando meu corpo e teu gozo espirrado em silhuetas de sombras. Desperdiçado em derramamentos de dedos e mãos que deveriam dominar a mim! A mim, poeta! E não a essa solitude que te cerca quando eu também não estou.
Meu corpo te anseia. Meu corpo espera um retrocesso no tempo pra saber-te aqui e meu. E quando tu me dizes que meu cheiro te excita pelas manhãs e que cometes o ato solitário e prazeroso de me ter em pensamentos e fantasias eu sinto meu corpo trêmulo e frágil de estar nas tuas mãos sem estar. Eu me derreto fluidamente e me entrego ao desejo que faz revoadas pela minha pele toda.
E sou tua, poeta. Insanamente. Diariamente. E tu ainda me pedes mais.
"Mais!" tu me dizes. Pois se já sou assim tão transbordante e abundantemente tua. Pois se depois de ti eu tornei-me um nada, uma anulação, um buraco. Sou um abismo erótico esperando pelo teu ereto existir, pela tua secreta poesia de destilar-me em orgasmos e lambidas e penetrações. Esperando pelo teu salto, poeta.
"Mais!" Como podes querer mais se eu já te dei todas as minhas vidas?
Em tudo poeta, em tudo o que eu faço, trago-te comigo. Bem aqui. Enfiado entre as minhas coxas, entre os meus seios. Aportado nessa alma que só sabe cantar-te em poesias. Degustando meus anseios sadicamente. Enredando-me intensamente a ti. E a noite lá fora clama por nós. Tu aí, eu aqui. E eu querendo sacudir o mundo pra ver se ajeito meu destino ao teu.
Tudo fora do lugar, poeta. Tudo fora do lugar.
Como a poesia que eu derramo em tuas mãos. Como o gozo que eu derramo em (teus)meus quereres sorrateiros. Como a fome que me dá das tuas sanhas, dos teus jorros. Como eu, invadindo definitiva a tua existência....
Haverá o encaixe de tudo um dia?
Tudo fora do lugar, poeta. Tudo fora do lugar...

E a vida... E a vida...

Van Luchiari ©
*Texto registrado na Biblioteca Nacional.
Todos os direitos reservados ©

CARTAS AO POETA-DOS DESEJOS © by Van Luchiari is licensed under a
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-
Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License

19 MIL RECADINHOS:

Alepierre disse...

Que linda poesia, é impossivel explcar a sensação que causa, mas voce conseguiria,facilmente colocar em palavras. Se eu fosse poeta queria ser o mesmo a quem foi dedicado cada letra deste seu delirio.

Denison Mendes disse...

lindo!
Intenso! Tenso! Teso!
beijo,
denison

Denison Mendes disse...

lindo!
Intenso! Tenso! Teso!
beijo,
denison

Emerson Donizeti Batista disse...

Muito intenso o seu texto! Sensível e cortante, volúpia verbal que provoca os sentidos!
Parabéns!!!!

uhugalera disse...

Caráleo...

Por isso que eu "te amo" menina...

(Primeiro na fila do lançamento do livro!)

[]'s @inaciorolim

Madalena disse...

O espírito de Eros e Psiquê te possuiram, e voce traduziu em palavras, em poesia, o mito da eterna busca do Amor!
Lindo!

Sandra Cajado disse...

Adorei e me indentifiquei muito com seu texto...gostei demais mesmo!
Já estou seguindo e coloquei também na lista de blogs...beijos
Talento vc tem de sobra!
Parabéns...

Elô disse...

Oi Van!

Vc sabe como descrever um sentimento, heim?!
Tudo fora do lugar... af

Inspiração sempre!!
Abraço

Anônimo disse...

van

que texto lindo ! cheio de desejo e altamente provocante.
vc envolve nós seus leitores (e por não fãs também!) nessa viagem linda e maravilhosa de emoções altamente excitantes ! uau ! obrigado por nos ajudar a embarcar nesse universo de poesia forte e sensual. seus textos tem vida! é dificil não se eenvolver.

gostei muito !!

@kenpauloartist2

(twitter)

Anônimo disse...

van

que texto lindo ! cheio de desejo e altamente provocante.
vc envolve nós seus leitores (e porque não, fãs também!) nessa viagem linda e maravilhosa de emoções altamente excitantes ! uau ! obrigado por nos ajudar a embarcar nesse universo de poesia forte e sensual. seus textos tem vida! é dificil não se eenvolver.

gostei muito !!

@kenpauloartist2

(twitter)

Anônimo disse...

É sem vida...

Du disse...

Vida é o que eu mais li neste texto, parabéns Van!

"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio
de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida"

Desejo a você e sua família
um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de Paz,Amor, Saúde e Amizade.

Beijo no coração!

lerrnst disse...

obrigado por partilhar e feliz natal

Daniel Amaral disse...

Ave de rara plumagem,
Ávida rola que voa solta
Volteando na brisa cálida das tardes...

A noite já desponta no horizonte.
Meu desejo agora era este sonhar...
No sonho do teu sonho, te encontrar
Para juntos bebermos desta fonte.

Um poeminha com carinho

Daniel
PS: Essa tua verve linda encanta e nos inspira. Parabéns.

ALLmirante disse...

Beleza, Van!! De vento-em-popa, finalmente! Sucesso á obra, e Venturoso Ano Novo a V.

Prof. Francisco disse...

Seu blog é ótimo, volterei smepre, parabéNS!

Anônimo disse...

Van
me marido não para de procurar teus textos, de ficar madrugada afora vendo as fotos, as poses, e já não fazemos amor, porque meu leito fica vazio nas madrugadas. Não vou te perguntar o que fazer, não se preocupe. Mas acho que é bom pra vc saber o estrago na minha cama. Tem muita mulher que gosta de saber isso.

Anônimo disse...

Comigo e ao contrario,vc melhorou a minha cama,pois quando a leio fico inspirada sexualmente e sensualmente e, o meu marido agradece.bjos e continue essa explosao de poemas sensuais e lidos

Anônimo disse...

Lindos,sexuais,sensuais...bjos querida,vc e demais.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari