SOBRA TANTA FALTA



Falta sempre alguma coisa.
Mais açúcar no café, mais tempo para o descanso, um telefonema, um bilhete, um sorriso. Mais um minutinho pra falar, mais dinheiro, mais fé, mais paladar.
Falta sempre aquela viagem, aquele disco que você não tem, um amigo que está longe, um elogio que lhe afague, uma palavra de amor daquele alguém especial.
Sobram a falta de espaço, a falta de satisfação, a falta de ar e o excesso de sol que faz ferver a pele e também queima esperanças.
Falta sempre um olhar, um desejo consumado, uma vontade inabalável, um livro, um poema, um coração sem maldade. Falta perceber que as coisas - e as pessoas - não são descartáveis.
Falta sempre alguma coisa.
Um ventilador que funcione sem fazer barulho e nos livre do inferno, uma água mais pura, um banho demorado, uma piscina para os dias de calor, um vento mais ameno soprando alívio em nós.
Falta tanta coisa! Sobra tanta falta!
Faltam os amigos queridos todos os dias ao seu lado, falta inspiração, percepção. Falta consideração, assistência, ação. Falta um sim.
Falta fazer a melhor canção de todos os tempos. Aquela que você ainda não compôs. Ou inventar uma arte tão mágica que lhe salve da loucura, que lhe redima do egoísmo.
Falta você se aceitar mais, achar-se mais bonito, olhar-se mais no espelho. Falta falar menos, sentir mais, desejar menos, entregar-se mais.
Ah, falta muita coisa.
Um sapato novo que não machuque, mais árvores na sua rua, mais árvores no seu planeta, menos egocentrismo, menos terrorismo, mais humanidade no ser-humano. Falta preservação, falta bondade, falta delicadeza, falta verdade.
Falta parar de perder, parar de chorar, de sangrar, de doer!
Falta menos solidão, mais amplitude, imensidão, mais coração, mais respeito.
Falta a declaração de amor, a paixão sem consequências, a resposta afirmativa que lhe fará sentir tão bem que você pensará que tem asas.
Falta um minuto, um dia, um mês, um ano, um século. Falta um segundo, um instante. Um agora.
Sobram essas faltas todas no diariamente sem fim da vida.
Aprender aquele instrumento, saber dançar melhor, boas comédias no cinema... Falta enfeitar a janela com flores e deixar entrar o vento e a luz. Porque tem sobrado muita cegueira e muitas, muitas escuridões.
Falta tanta coisa. Um caminho mais leve, o segredo revelado, a juventude eterna. Menos veneno na comida, menos veneno nas palavras. Menos lixo no mundo, menos lixo na alma. Mais saúde, mais inteligência.
Falta a cura de todos os males. Panacéia. Falta a cola definitiva para os corações partidos. Falta um remédio que nos dê alegria e que nos acenda o dia.
Falta uma fase da lua, uma estrela no céu, um beijo roubado. Falta família reunida, domingo sem pressa, balada sem ressaca. Faltam gargalhadas.
Sobram a falta de alma, o excesso de mentiras. Sobram as vontades proibidas, as dúvidas, o afastamento. Sobra o não.
Sobra o silêncio que te dói e te machuca. Falta uma pessoa, falta uma voz, falta um som.
Falta sempre alguma coisa que lhe complete, que lhe mude, que lhe faça acreditar. Algo que lhe faça querer ser melhor, que lhe faça querer acordar todas as manhãs.
O que nos falta é sobra. O que nos sobra é falta.

Falta sempre alguma coisa.
E agora, falta-me em mim.


Van Luchiari ©
*Texto registrado na Biblioteca Nacional.
Todos os direitos reservados ©

SOBRA TANTA FALTA © by Van Luchiari is licensed under a
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-
Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License

27 MIL RECADINHOS:

Lidi disse...

Falta, falta, falta...
Vivemos na falta e da falta... e talvez até pela falta!
Realmente... sobra falta!
Adorei o post!

giselle disse...

Faltam-me letras
que traduzam
de sobra
a beleza de te ler!

Bjs.

Lindo.

Andreza disse...

Quase me falta o fôlego ao perceber que tantas coisas também me faltam.
Me falta agora parar de viver de falta de mim.
Lindo Van. Beijos.

isabel maria disse...

Fazia-me falta ter lido o delicado texto sobre a falta,mas faltava a Van ter escrito sobre a Falta.
LINDO!

Ana Graña disse...

Van, você é muito querida!!

Estava precisando ler um texto tão bem elaborado, verdadeiro, me fez bem, obrigada!!

Beijos :)

Anônimo disse...

van,vc conseguiu sintetizar maravilhosamente bem os sentimentos de todos nessa vida corrida do dia a dia.

me sinto privilegiado de ler mais um texto seu. você escreve com emoção,parece q posso ouvir da sua boca essas palavras.

te adoro

twitter
@ken_paulosergio

EAD/JOYCE disse...

Lindo texto e muito verdadeiro. bjs

Mariana disse...

As tuas palavras preenchem meus vazios.
Lindo,como sempre.Beijos

Luiz Fernando disse...

Depois de um belo texto desses, fico até sem palavras pra comentar.
Van, fiquei emocionado com o texto.
Beijos.
Parabéns

Joakim Antonio disse...

Grande verdade, sobra falta na nossa vida, talvez se não faltasse, nada buscaríamos e seria o fim. Ou não.

Perfeito Van;

Parabéns!

..::denise::.. disse...

"SOBRA TANTA FALTA DE PACIÊNCIA QUE ME DESESPERO"
FALTAM MAIS "VAN LUCHIARI" PRA NOS ALEGRAR COM TEXTOS TÃO ORGÂNICOS!!
BRAVO!!!

Emerson Donizeti Batista disse...

Lindo texto!
São questionamentos verdadeiros que nos fazem pensar no tamanho que as lacunas ocupam em nossas vidas. Talvez esse espaço 'ocupado' pelo vazio seja por onde corre o sangue da esperança em nossas veias, onde ainda o imprevisível tem seu lugar.

Jefferson Fernandes disse...

Faltam-me recursos linguísticos para reproduzir o que sobra de júbilo em mim, após ler seu tão belo texto. Formidável!
Parabéns Van.

Manuel Pintor disse...

Sobra poesia
Da vida do querer
Num texto em que nada falta
Sobra fôlego
Sobra delicadeza
Sobra emoção
Sobra beleza
Falta não falhar, falta

Escreveste uma frase, Van,
que , quanto a mim, condensa todo o texto:
"Falta falar menos, sentir mais,
desejar menos, entregar-se mais".
Tudo o que falta está aqui
e se aqui não falharmos, nada falta.

Fernando Lago disse...

Somente a falta me preenche...

Seu blog está muito bom! parabens!

Ah! E adorei o trocadilho filosofico-poetico-intelectual do título do blog.

Mentira! Eu odiei, porque sempre quis fazer um blog com um título massa e nunca consegui. Por isso morro de inveja dos que conseguem, :P

Beijos!

Felipe A. Carriço disse...

"Falta tanta coisa! Sobra tanta falta."

"O que nos falta é sobra; O que nos sobra é falta."

Duas ruas paralelas que se cruzam no infinito.

Ivan Mola disse...

ah... a falta... sempre falta.

ótimo texto, Van!

E pra não ficar faltando beijo, mando logo dois!

Dois beijos!

^^

Vanilla disse...

Amei seu blog,
Muito intenso, sobre todas as emoções.
Vou te linkar.

Maria Alice Miller disse...

Sobra tanta falta, falta tanta coisa... É #fato Van, você consegue traduzir tudo que a gente sente tão bem. Não lhe falta nada para sensibilizar.
Beijos!!!
Malice Miller

Stella disse...

Oi, Van. Tua poesia me fez lembrar de uma do Teatro Mágico que tbm adoro e tem o mesmo título.
Não sei se esse meu comentário será enquadrado em "um bom comentário", mas te ler me estimula, satisfaz, preenche, provoca sorrisos, inspira, afaga... Em mim sobram comentários, admiração e fortes abraços pra pessoas sensíveis como tu. Bj!

Sobra Tanta Falta (O Teatro Mágico)

Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana
Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo

Sei lá,
Se o que me deu foi dado
Sei lá,
Se o que me deu já é meu
Sei lá,
Se o que me deu foi dado ou se é seu

Sei lá... sei lá... sei lá....
Se o que deu é meu...

Vai saber,
Se o que me deu , quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve
Vai saber,
O que me deu, quem sabe?

Vai saber,
Quem souber me salve...

Carmen Eugenio disse...

Eu sempre digo Van: Nada falta às suas palavras!! Aplausos a você!!!

Joe_Brazuca disse...

na verdade mesmo, aquela verdadeira que nunca gostamos de encarar,pois falta-nos coragem, é que somos eternos insatisfeitos com tudo...crianças mimadas que arrasam o parque de diversões que fizemos da Terra, sem anuência de ninguem...Daí, a consequência : viramos poetas !...graças a Deus !...rs

muito bom, Van !

baci tutti...

Tays Briski disse...

Lindo texto, lindas palavras como sempre! E essas faltam, como são presentes e como doem... Beijos querida.

Fábio disse...

Ninguém é completo. Por mais que se tenha, sempre vai faltar algo.
Somos sempre uma parte, nunca o todo.
Satisfação plena não existe.

Abraços.

Alma disse...

Como Você não disponibiliza Contato, tivemos que utilizar Comentários.

Cara Publisher deste Site / Blog.

Estamos desenvolvendo um Portal de Relacionamento com a Mulher.
Seu nome é Ganhei da Balança. ganheidabalanca.com.br

Durante 2 anos, através de Softwares e Ferramentas especialmente formatadas, Rastreamento dos Melhores Agregadores e Monitoramento dos Maiores Institutos de Pesquisas; buscamos o que a Mulher Brasileira mais vê na Internet.

Nossa Mineração inclui o Número de Acessos / Comentários, Análise de Parcerias / BlogRoll e uma infinidade de Variáveis que são mastigadas e filtradas de maneira que apontem uma tendência de Navegação.

Os resultados são entregues à Feeling Research Company, 1ª Empresa da América Latina e 4ª no Mundo a se especializar em Pesquisas de Sentimentos e Emoções relacionados ao Consumo de Produtos e Serviços.

Após a aplicação de Pesquisas à Internautas especialmente selecionadas, a Feeling Research aponta os Sites e Blogs que deverão fazer parte de nosso Portal.

O motivo deste Email é para comunicar que seu Site / Blog estará sendo LinKado ( não permanente, mas em rodízio com Blogs do mesmo segmento ) ao nosso Portal.

Apesar de estarmos gerando tráfego para Você, a recíproca só será verdadeira se assim Você o desejar.

A Seleção de seu Site / Blog deve-se ao mérito do trabalho que Você produz,e queremos ressaltar que, mesmo não nos colocando como seu Parceiro, Você continuará sendo LinKada em nosso Portal.

Nosso Portal possui 12 Plataformas e Você estará sendo LinKada na Label Auto Conhecimento.

Para finalizar desejamos que continues produzindo o excelente material responsável por sua Seleção e esperamos que nosso Portal contribua para que Você, cada vez mais, tenha um maior número de acessos.
Best Regards.


Alma de Mulher.
publisher@ganheidabalanca.com.br

Geraldo Pinho disse...

É por isso que certas coisas são tão preciosas, tão queridas!
Um beijo!

Sandra Leite disse...

A gente se vê tão acompanhada pela ausência, não é?

Van, adorável texto.


beijos

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari