PASSAGE DU SILENCE ©

Meu coração é absurdo! ©





Falling Slowly - (Glen Hanzard / Marketa Irglova)


Deve haver em algum beco sombrio, em alguma melodia dissonante, em algum sonho não tão profundo, no fluir dos ventos mais frios, para além daquela ponte talvez.... deve haver o antídoto para os corações partidos. A cura para as feridas que as paixões nos causam. A solução inevitável e secreta para a vida que machuca. Para tudo aquilo que nos tiram. Para tudo o que nunca poderemos tocar ou ter.
A redenção para os erros cometidos. A satisfação para o vazio que nos inunda quando a noite cai. O caminho certo escondido entre as folhas em que pisamos. Os espinhos dissolvidos pelas mãos do desejo. A anestesia para a dor das traições, das perdas, dos venenos, das armadilhas que nós mesmos armamos. A cura para as saudades que não cicatrizam.
Deve haver, escondida em algum abismo, a escolha certa, a palavra exata e mansa. O tempo paralisado nos mostrando que tudo é possível se os espelhos também pararem de nos acusar com sua fúria.
Um sussurro, uma brisa que nos arrepie a pele e nos faça ver que o amor não habita a mesma medida do tempo. E que esse sangrar interno, esse vazio que nos corroi será um dia lavado pelas tempestades que enfrentamos.
Deve existir, em algum beijo esquecido, no toque das tuas mãos nas minhas, no fechar dos olhos por breves instantes de absurdo e proximidade... deve haver o alívio que esperamos.
O doce desmaiar que guiará nosso corpo latente e nu até o ponto mais inimaginável e fantástico. Um barco a nos esperar e acolher. Ou talvez a própria alma apontada para o destino, logo ali, a nos esperar. Feito ilha. Feito mar. E um navegar.

Ainda temos tempo.

 
Van Luchiari ©
*Texto registrado na Biblioteca Nacional. Todos os direitos reservados ©  
PASSAGE DU SILENCE© by Van Luchiari is licensed under a  
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-  
Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License
.

27 MIL RECADINHOS:

Du disse...

Incrível Van... o teu texto parece ser uma resposta ao meu... obrigada, sempre!
Beijos na alma, poet'amiga!

Nanda disse...

O amor tem essa magia... de nos permitir viajar sem precisar sair do outro lugar, só precisar de outro corpo... outra metade.

Linda demais as coisas que escreve!

Beijos doces

@fergreg

Alisson da Hora disse...

Envolvente, mágico, repleto de imagens que nos remetem a tantas idas e vindas e ao tempo do amor, o tempo que se derrama em nossas mãos e vai além...

Loba Muito Cruel (ou Anny) disse...

Afê...
Me permita um PQP gigantesco e carinhoso...
Seu texto falou muito comigo também! Com certeza ainda irei tomá-lo emprestado para a Tag do meu Blog (http://lobamuitocruel.blogspot.com/search/label/Palavras%20Roubadas)!
Lindo! Fantástico! Reflexivo! Amei!
Beijos no <3
Anny

Tatiana Kielberman disse...

Falou por mim, querida!
Estou em busca desse lugar, sempre, sempre!
Mas, às vezes, penso que ele está dentro de cada um de nós!
Amei e adoro sua sensibilidade!

Beijos!!

Vanilla disse...

Texto belíssimo Van.
Muito bom te ler!
beijoos

mm12moraes disse...

Tenho certeza de que todos nós buscamos esse lugar, e também tenho a certeza de que todos, um dia, encontramos..uns demoram mais outros menos...mas cada um, à sua maneira ,encontra a paz e a explicação para todas as adversidades pelas quais passam nessa vida.
Lindo texto....adorei e compartilhei na minha página do facebook.
Bjus Márcia( @marcimoraes)

Andrezza disse...

Lindeza,
Como sempre você consegue tocar algo lá no fundo da minha alma.
Suas palavras são sempre especias e este texto, simplesmente perfeito.
..Deve haver algo mais que essa dorzinha boba me machucando o coração...
Beijos,
Andrezza.

Talita Prates disse...

lindo tão...

lembrei-me disse:

"O passatempo do tempo é a cura. E vice&versa."

um beijo, querida.

Talita
História da minha alma
@taprates

Sandra ABO Calasans disse...

Aprecio o seu trabalho ... parabéns !!!

Nanda Botelho disse...

Oi linda! Deve haver, não. Há! Eu tenho certeza!

Lindo texto cheio de sopros calorosos de esperança!

Bjão!

paulo disse...

Sempre escrevendo o que muitos sentem e o que muitos gostariam de ter escrito.
Sempre há tempo, Van, para tudo.

Beijo

Jô Angeℓ disse...

Lindo, lindo, lindo...E que música maravilhosa, vou passar o dia aqui ouvindo!

Sandra Cajado disse...

Sou fã do que escreves e você sabe disso!

As cores certas devem estar em algum lugar para o nosso abrigo.

Estou á procura.

Há sentimentos que machucam demais e a noite é a maior cúmplice.

Um beijo.

Troll disse...

Deve, assim, haver uma linha-guia, que nos seja tão importante quanto frágil. Que nossos dedos nos façam seguir, mas não possam tomá-la, sob o risco de rompê-la.

Anônimo disse...

Sempre há. Ali, talvez. Depois da linha imaginária de nossa fronteira, do nosso limite. Onde não fomos ainda. Ir e descobrir é uma questão de força, de escolha.
Sensacional.
Parabéns, Van!

Bjux!

epidermedaalma disse...

Habita em nós uma nostalgia de paraíso... seremos eternos insatisfeitos ? Há cura para a incompletude ?

Filosofia não vã. Lindo texto.

Bjs !

IsabelaZ09 disse...

Entra as poucas alegrias que tenho vivenciado, é a intensididade real de sentimentos, que surge (e me identifico)da alma de meus amigos poetas, amigos "virtuais".
O entendimento, a interação e identificação têm sido constantes e cada vez mais intensas, gerando a mim, uma grata sensação de proximidade, tornando cada amigo cd vez mais Real! Obrigada por palavras tão verdadeiras! Bjs, Isa.

emsgomes disse...

Isso é mais lindo que o céu que esta alí fora... Sol caindo e tu acendendo luas em nossos corações.
Um "texto de cabeceira".
Obrigado, Poeta!
Muita paz. Beijos. Evandro

simone disse...

Van, respirei, o teu texto é muito o que vejo em (meus) tempos de tropeços: hoje outro dia, amanhã em construção, depois só o que fazemos agora.
Muito lindo! Bjs. Simone

Fabricio Schneider Scarface disse...

incrivel como consegues ver no fundo do sentimento, e transcrever com audácia o verdadeiro perfil da alma, que é a busca,mesmo com toda a dor, é o que nos motiva,parabens

Rafaella Nolasco disse...

Texto "movente"... me moveu em vários sentidos e me fez pensar bastante! Você conseguiu fazer uma junção de assuntos tão diversos e ao mesmo tempo tão interligados... Adorei!!! Vou estar por aqui sempre... Bjo

Letícia Losekann Coelho disse...

Muito bom te ler, menina! Diversas imagens que nos fazem viajar e como sempre... Palavras que são só tuas por aqui.
Beijos

Samyra Almeida disse...

Obrigada pelo convite. Muito bom ler seus escritos, são cheios de sensibilidade e refletem um pouquinho da essência de cada um.

Bjaum^^
@_SamyraS2_

Fernando Amaral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Amaral disse...

E se não existir este lugar, podemos dizer que sempre haverá este aqui a nos acalentar.

ALLmirante disse...

Sócrates disse: conhece-te a ti mesmo, e conhecerás o reino de Deus. Como estava com pressa, Sócrates tomou logo a cicuta pra satisfazer a curiosidade. Vero.

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari