DE MIM

*Desse muito de mim que ficou para trás eu aprendi o vazio, a falta, a saudade.
Aprendi os ruídos que fazem os espaços ocos, as memórias,
os desejos empoeirados, esquecidos nas gavetas profundas da pele.
Desse muito de mim que já não sou, extraí a melancolia,
a umidade vazia dos dedos, a latência dos lábios,
a sépia do sentir, o silêncio dos arrepios.
Esqueci-me um quanto.
Tantas e tantas vezes nem fui-me antes de findar.
E findei-me, pendente, cadente, longe, bem longe de qualquer antes.
A milhas e milhas e milhas e milhas do agora.

 #vanluchiari



Van Luchiari ©
*Texto registrado na FBN. Todos os direitos reservados.
DE MIM © by Van Luchiari is licensed under a 
Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial- 
Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License
Diga NÃO ao plágio. Cite SEMPRE a autoria. 

4 MIL RECADINHOS:

Isa Lisboa disse...

O Eu que fica para trás, mas está sempre lá...!
Gostei muito desta viagem, por milhas e milhas.

Beijo, bom domingo.

Menina no Sotão disse...

E no findar existe ainda o recomeçar onde tudo é para depois, mas acaba mesmo sendo para agora.

bacio

Vicente disse...

Desse muito de mim, de ti, de nós... o que fica para trás?
Doces...

عبده العمراوى disse...



شركة نظافة كنب بالجبيل
شركة نظافة سجاد بالجبيل
شركة المثالية لتنظيف الفلل بالدمام
شركة المثالية لتنظيف المنازل بالدمام
شركة المثالية لتنظيف الشقق بالدمام

 
©2009 VAN FILOSOFIA! | by Van Luchiari